Unicesumar
Unicesumar

Extensão

RECOMENDE:

ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

O que é:

Em setembro de 2015, foram culminados 17 objetivos compostos por 169 metas por ocasião da Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. A nova iniciativa foi encetada em 2013, com o objetivo de atender ao pedido feito pelo Secretário Geral da ONU após a realização da Rio+20. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável devem orientar nos próximos 15 anos as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional. Os ODS aprovados foram construídos sobre as bases estabelecidas pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), de maneira a completar o trabalho deles e responder a novos desafios. São integrados e indivisíveis, e mesclam, de forma equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.

Abaixo, apresentamos 4 objetivos com algumas sugestões de ações para a contribuição do alcance dos ODS.

ods-1

  • Apoiar a geração alternativa de renda;
  • Fomentar os negócios sociais e a  economia inclusiva;
  • Ofertar cursos de empreendedorismo;
  • Criar tecnologias acessíveis as população mais pobres;
  • Fomentar o Microempreendedor Individual – MEI ;
  • Empoderar as mulheres que vive com menos de US$ 1,25 por dia;
  • Buscar fontes de recursos para o desenvolvimento do município;
  • Aliar-se a projetos sociais e apoiar as organizações não governamentais.

ods-2

  • Plantar a sua própria horta;
  • Reduzir o desperdício de alimentos;
  • Incentivar programas de apoio à merenda escolar e educação alimentar;
  • Ensinar organizações sociais e familiares  a aproveitarem melhor os alimentos, evitando o desperdício;
  • Comprar produtos da agricultura familiar;
  • Capacitar a mão de obra na elaboração de alimentos básicos;
  • Fazer campanha sobre alimentação saudável;
  • Divulgar ações que promovam a segurança alimentar.

Crianças

  • Apoiar programas de acesso à água potável para populações carentes;
  • Promover palestras sobre os cuidados com o recém-nascido;
  • Conscientizar sobre a importância do exame pré-natal e das vacinações do bebê;
  • Incentivar programas educacionais, em comunidades carentes, de esclarecimento sobre higiene pessoal e sanitária, aleitamento materno e nutrição infantil;
  • Permitir o acesso das crianças portadoras do HIV e outras doenças infecciosas a medicamentos específicos;
  • Realizar campanha de incentivo à amamentação e criação de Banco de Leite Materno;
  • Disseminar e apoiar o trabalho da Pastoral da Criança e outras instituições que trabalham em prol do desenvolvimento infantil;
  • Realizar palestras de prevenção a acidentes domésticos;
  • Promover a prevenção sobre as diferentes formas de violência contra a criança.

Mulheres gestantes

  • Apoiar iniciativas comunitárias de atendimento à gestante (pré e pós-parto);
  • Promover palestras para abordar as vantagens do Parto Normal e do Parto Cirúrgico (Cesárea);
  • Promover palestras sobre a idade adequada (biológica) para ser mãe visando a reduzir a gravidez na adolescência;
  • Promover iniciativas para a criação de grupo de doulas no município para apoiar às gestantes;
  • Incentivar programas de apoio à saúde da mulher, facilitando acesso a informações sobre planejamento familiar, DSTs, prevenção do câncer de mama, gestação de risco, nutrição da mulher e do bebê;
  • Treinar mulheres das comunidades locais em cursos pré-natais para mulheres grávidas e fornecer educação sobre nutrição;
  • Incentivar programas de prevenção na disseminação de informação sobre saúde sexual e reprodutiva para jovens e adultos, por meio de ações de voluntariado.

AIDS

  • Incentivar programas de mobilização e informação no combate à AIDS e outras doenças epidêmicas como malária, tuberculose e febre amarela;
  • Promover campanhas de prevenção no combate a Aids.(mulheres, idosos...);
  • Apoiar programas que facilitem o acesso aos medicamentos necessários aos portadores de HIV e à prevenção (vacinas) das demais doenças.

Outras doenças

  • Realizar campanhas para reduzir o consumo de drogas lícitas e ilícitas nas escolas;
  • Ajudar na organização de workshops, seminários e fóruns para discutir o uso de preservativos e contraceptivos para evitar a gravidez na adolescência, as DSTs e HIV/AIDS, que retardam a educação e todo o desenvolvimento das meninas;
  • Realizar campanhas de esclarecimento sobre o Diabetes , a pressão alta e  doenças  cardiovasculares;
  • Realizar campanhas antitabagismo;
  • Criar centros de apoio para reduzir o índice de suicídio;
  • Promover campanhas de prevenção ao câncer de mama, colo do útero, próstata, pele e outras doenças;
  • Realizar palestras sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST);
  • Promover a saúde mental com a prática de hábitos saudáveis;
  • Realizar campanhas de redução de mortes no trânsito (não dirigir e falar ao celular ao mesmo tempo, não dirigir embriagado, não ultrapassar os limites de velocidade);
  • Participar de programas de doações e distribuição de remédios às populações de risco e baixa renda;
  • Realizar pesquisas acadêmicas em torno de temas da saúde;
  • Realizar campanhas de prevenção Dengue, Zika , Chikunkunya  nas escolas, empresas e outras organizações;
  • Valorizar o Conselho Municipal e Estadual de Saúde;
  • Divulgar a importância da vacinação;
  • Realizar mutirões contra a dengue e outros doenças;
  • Buscar recursos financeiros para projetos voltados à saúde.

ods-4

Ações na escola:

  • Organizar campanhas de arrecadação de livros, vídeos e revistas;
  • Implantar projetos educacionais complementares, com envolvimento familiar, visando estimular a permanência do aluno na escola;
  • Organizar concursos de redação e oficinas de leitura para compreensão de textos em escolas.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos