Unicesumar
Unicesumar
Unicesumar

Mestrado
Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar

Descubra mais

Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar

RECOMENDE:

Processo Seletivo

Processo de Seleção para ingresso no ano de 2020 (Novo)
Edital
Inscrição
Processo Seletivo Interno de Bolsas e Taxas
Edital
Resultado

 

Processo de Seleção para ingresso no ano de 2019 – Vagas Remanescentes II
Edital
Resultado

 

Processo de Seleção para ingresso no ano de 2019 – Vagas Remanescentes
Edital
Resultado

 

Processo de Seleção para ingresso no ano de 2019
Edital
Resultado

 

Processo de Seleção para ingresso no ano de 2018
Edital
Resultado

Sobre o Curso

O Programa de Pós-Graduação em nível de Mestrado em Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (PPGCTSA) é voltado para a qualificação de profissionais implicados na produção, na qualidade ou na regularidade dos alimentos, considerando-se também aqueles vinculados aos aspectos tecnológicos, de gestão e de formação de pessoas do setor público ou privado. Assim, a interdisciplinaridade que reveste o tema do presente Programa envolve profissionais das mais diversas áreas de conhecimento.

O PPGCTSA é composto por duas linhas de pesquisa: “Segurança Alimentar e Espaços Produtivos” e “Segurança Alimentar, Produto e Consumo”, tendo como área de concentração a “Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar”. Recebe recursos financeiros (bolsas de estudo e financiamento de projetos) de vários órgãos públicos e privados.

O curso possui atividades dinâmicas e atuais voltadas para a construção de novos conhecimentos em Segurança Alimentar, área na qual a interdisciplinaridade é a principal meta para alcançar os objetivos do Programa, tais como:

  • sistematizar e desenvolver estudos dos conhecimentos da área de concentração do Programa, promovendo, mediante investigações científicas e integralização dos créditos exigidos, a formação de docentes e de pesquisadores; e
  • promover a reflexão e o aprofundamento dos estudos na área de concentração do PPGCTSA, no sentido de elevar a qualificação técnica do exercício profissional.

Perfil do Egresso

Diante da compreensão da importância e contribuição do Programa na consolidação de estudos vinculados à realidade local, regional e estadual, no sentido de interagir no processo de desenvolvimento, a presente proposta tem como propósito a formação acadêmica, visando a sustentação de uma política transversal, integrada e intersetorial, promovendo o diálogo entre os diversos campos de conhecimento, não somente o alimentar. Na mesma direção, considera importante também a interlocução com a sociedade, no sentido de assumir corresponsabilidades e compromissos por meio da garantia da consolidação da Segurança Alimentar. Portanto, os Mestres em Ciência, Tecnologia e Segurança Alimenta desenvolvem competências para atuar em ambiente interdisciplinar, tendo como base os enquadramentos científicos, tecnológicos, sociais, culturais e legais firmados nos conceitos formativos da Segurança Alimentar.

De acordo com o Art. 3º do Regulamento do PPGCTSA, o Perfil Profissional do egresso é orientado a formar pesquisadores e profissionais, em nível stricto sensu, que possam contribuir no avanço científico e tecnológico na área de Segurança Alimentar para desenvolver competências, visando:

  • Investigar a produção de alimentos, considerando os aspectos da produção sustentável, conforme os pilares econômico, espacial, social, ambiental e cultural;
  • Analisar as variáveis tecnológicas e sociais envolvidas, visando a garantia da qualidade, da quantidade e da regularidade na produção de alimentos;
  • Investigar questões pertinentes ao consumo e a análise das variáveis relacionadas à qualidade dos alimentos;
  • Habilitar a coadjuvar no processo de produção, disponibilidade de alimentos, alimentação adequada e saudável, numa perspectiva interdisciplinar da segurança alimentar, espaços produtivos e segurança alimentar, produto e consumo.
  • Capacitar para analisar os problemas relacionados à segurança alimentar, visando propor alternativas e soluções para a vulnerabilidade alimentar, em especial de populações em desamparo;
  • Analisar os processos, os problemas e propor alternativas em uma visão sistêmica, integrada, preditiva, adaptativa e saneadora do ciclo de produção de alimentos;
  • Habilitar para atuar no exercício do magistério superior em áreas correlatas;
  • Atuar nas comunidades, promovendo ações que visem a soberania alimentar, preservação ambiental por meio da consciência cidadã;
  • Produzir e divulgar conhecimentos que mantenham o aprofundamento dos conceitos, métodos, estratégias e procedimentos de intervenção em processos e procedimentos em Segurança Alimentar, de modo a beneficiar a população em geral, em especial a população vulnerável;
  • Desenvolver projetos de pesquisa nas áreas da Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar para supervisão da produção e controle de qualidade de alimentos em atendimento à demanda da sociedade.

Matriz Curricular

Disciplinas Obrigatórias C/H CRÉDITOS
Metodologia da Pesquisa Interdisciplinar 45 3
Qualidade e Tecnologia de Alimentos 45 3
Fundamentos de Segurança Alimentar 45 3
Disciplinas Eletivas das Linhas de Pesquisa
Segurança Alimentar nas Cadeias Produtivas de Alimentos 45 3
Ambiente de Produção de Alimentos e Panorama Socioeconômico 45 3
Controle de Qualidade e Segurança de Alimentos 45 3
Cultura, Comportamento e Alimentação 45 3
Disciplinas Eletivas Gerais
Química e Bioquímica de Alimentos 30 2
Microbiologia de Alimentos 30 2
Água na Segurança Alimentar 30 2
Bioestatística 30 2
Tópicos Avançados em Produção de Alimentos 30 2
Tópicos Avançados em Segurança Alimentar 30 2
Metodologia do Ensino Superior 30 2
Atividades Complementares – Obrigatórias
Atividade Interdisciplinar I 0 2
Atividade Interdisciplinar II 0 2
Projeto de Dissertação de Mestrado 0 0
Proficiência em Língua Estrangeira 0 0
Orientação de Dissertação de Mestrado 90 6

 

De acordo com o Art. 26º do Regulamento, é obrigatória a proficiência em língua estrangeira moderna para todos os alunos matriculados no programa de pós-graduação em nível de Mestrado acadêmico. No seu parágrafo único, o PPGCTSA aceita para o exame de proficiência uma das seguintes línguas estrangeiras: francês, inglês, alemão, italiano ou espanhol.

Área de Concentração

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR

A presente proposta do programa de Pós-Graduação foi concebida, organizada e denominada Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar e inserida no contexto de questionamento sobre o atual modelo de produção e consumo de alimentos e alimentação saudável. Considerando-se que a Segurança Alimentar decorre e realiza-se na convergência da quantidade suficiente (alimento disponível e acessível a todas as populações), da qualidade (livre de contaminações e alterações químicas e biológicas) e da regularidade (acesso constante à alimentação), a proposição do presente Programa de Pós-Graduação surge da necessidade de abordagem interdisciplinar em torno das problemáticas sobre a relação entre a Segurança Alimentar e Espaços Produtivos e Segurança Alimentar, Produto e Consumo.

Projetos de Pesquisa Estruturantes

O Programa possui dois grandes Projetos Estruturantes (PE1 e PE2) que são oriundos, respectivamente, das duas grandes Linhas de Pesquisa L1 e L2:

 

Projeto Estruturante 1 (PE1): PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE ALIMENTOS

Docente responsável: Anny Rosi Mannigel

O projeto organiza investigações que buscam alternativas para a produção de alimentos de acordo com os fundamentos da Segurança Alimentar, ou seja, cadeias produtivas que proporcionem menores impactos ambientais, oferta regular de alimentos seguros e de melhor qualidade. Um sistema de produção de alimentos pode ser considerado sustentável quando todas as etapas do processo atendem às cinco dimensões da sustentabilidade: socialmente justo, economicamente viável, ambientalmente adequado, espacialmente equilibrado e culturalmente preservado. Quando estas condições são contempladas nas cadeias produtivas de alimentos configura-se um cenário que promove a Segurança Alimentar.

Docente credenciado e respectivo Projeto de Pesquisa Docente financiado pelo ICETI (Instituto Cesumar de Ciência, Tecnologia e Inovação):

Anny Rosi Mannigel
Projeto de Pesquisa Docente: Influências de sistemas de produção vegetal na produtividade e qualidade de alimentos

André Ribeiro da Costa
Projeto de Pesquisa Docente: Efeito do uso de diversas fontes de água em aspectos agronômicos e nutricionais de plantas alimentícias

Stefânia Caroline Claudino da Silva
Projeto de Pesquisa Docente: Segurança alimentar animal: aspectos produtivos e metabólicos

Graciene de Souza Bido
Projeto de Pesquisa Docente: PANCs: alimentos de baixo custo e nutritivos / Influência alelopática sobre a produção de alimentos

Carla Porto da Silva
Projeto de Pesquisa Docente: Aplicações da metabolômica na pesquisa em alimentos, nutrição e agricultura

Isabele Picada Emanuelli
Projeto de Pesquisa Docente: Desenvolvimento de metodologias para sustentabilidade na produção e reprodução animal

Graciela Lucca Braccini
Projeto de Pesquisa Docente: Uso de concentrado proteico de agroindústria na produção de produtos de panificação

Daniele Fernanda Felipe
Projeto de Pesquisa Docente: Desenvolvimento de produtos alimentícios, farmacêuticos ou cosméticos contendo extratos vegetais

Ricardo Andreola
Projeto de Pesquisa Docente: Segurança alimentar voltada à água e bebidas: compostos nocivos à saúde humana


 

Projeto Estruturante 2 (PE2): PROMOÇÃO DA QUALIDADE DOS ALIMENTOS

Docente responsável: Rúbia Carvalho Gomes Corrêa

A Segurança Alimentar tem como uma das principais premissas valorizar a alimentação para a saúde e resgatar as práticas alimentares saudáveis e contribuir para o fortalecimento da produção em bases familiares e da agroindústria. A complexidade das cadeias produtivas de alimentos é enorme e crescente, traduzindo-se em interações múltiplas que podem compor a base dos riscos físicos, químicos e biológicos para os consumidores, cujo controle vem se tornando cada vez mais difícil. Além disso, a ausência de um controle de qualidade rigoroso no processamento, no armazenamento e na distribuição dos alimentos em serviços de alimentação, pode acarretar diversos riscos à saúde humana. As doenças transmitidas por alimentos e água contaminada são consideradas um importante e crescente problema econômico e de saúde pública. Tais doenças resultam da ingestão de alimentos contaminados por patógenos, produtos químicos e parasitas, em pontos diferentes da produção, do processamento e da preparação dos alimentos. Os agrotóxicos são os principais responsáveis pela contaminação química de solos, alimentos e água. Assim, a determinação dos seus resíduos em alimentos e em amostras ambientais é importante para estimar a exposição humana e do meio ambiente, devido aos riscos que oferecem à saúde humana e à sua bioacumulação. A determinação de tais resíduos permite avaliar a conformidade da produção agrícola com as Boas Práticas Agrícolas, possibilitando decisões regulatórias comerciais visando garantir a Segurança Alimentar.

Docente credenciado e respectivo Projeto de Pesquisa Docente financiado pelo ICETI (Instituto Cesumar de Ciência, Tecnologia e Inovação):

Rúbia Carvalho Gomes Corrêa
Projeto de Pesquisa Docente: Matrizes vegetais brasileiras e seus biorresíduos como fontes sustentáveis para a obtenção de moléculas bioativas: do desperdício a novos ingredientes alimentares e nutracêuticos

Ariana Ferrari
Projeto de Pesquisa Docente: Nutrição, alimentação e saúde: interfaces na oncologia e na atividade física

Marcos Rogério Guilherme
Projeto de Pesquisa Docente: Pesquisa e desenvolvimento em cápsulas de celulose para liberação controlada de nutracêuticos

Daniele Fernanda Felipe
Projeto de Pesquisa Docente: Desenvolvimento de produtos alimentícios, farmacêuticos ou cosméticos contendo extratos vegetais

Ricardo Andreola
Projeto de Pesquisa Docente: Segurança alimentar voltada à água e bebidas: compostos nocivos à saúde humana

Carla Porto da Silva
Projeto de Pesquisa Docente: Aplicações da metabolômica na pesquisa em alimentos, nutrição e agricultura

José Eduardo Gonçalves
Projeto de Pesquisa Docente: monitoramento de concentrações de drogas veterinárias e agroquímicos no leite: indicador sanitário balizador de políticas públicas e ações de controle na segurança alimentar

Graciene de Souza Bido
Projeto de Pesquisa Docente: PANCs: alimentos de baixo custo e nutritivos / Influência alelopática sobre a produção de alimentos

Graciela Lucca Braccini
Projeto de Pesquisa Docente: Uso de concentrado proteico de agroindústria na produção de produtos de panificação

Isabele Picada Emanuelli
Projeto de Pesquisa Docente: Desenvolvimento de metodologias para sustentabilidade na produção e reprodução animal

Linha de Pesquisa

LINHA DE PESQUISA 1: SEGURANÇA ALIMENTAR E ESPAÇOS PRODUTIVOS

Essa linha de pesquisa tem como propósito investigar a produção de alimentos, considerando os aspectos da produção sustentável, conforme os pilares econômico, espacial, social, ambiental e cultural. Busca analisar as variáveis tecnológicas, políticas e de gestão envolvidas, visando a garantia da qualidade, da quantidade e da regularidade na produção de alimentos.

 


 

LINHA DE PESQUISA 2: SEGURANÇA ALIMENTAR, PRODUTO E CONSUMO

Esta linha de pesquisa tem como propósito investigar questões pertinentes ao consumo e a análise das variáveis relacionadas à qualidade dos alimentos. A dimensão do consumo diz respeito às práticas e aos padrões de consumo que dialogam com as dinâmicas sociais, culturais e familiares, e que são perpassadas por influências tecnológicas, comerciais e midiáticas. A dimensão da qualidade diz respeito aos parâmetros normativos e científicos que visam uma alimentação segura e saudável.


Projetos de Pesquisa

 

PROJETO DE PESQUISA P1: PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE ALIMENTOS
O projeto organiza investigações que buscam alternativas para a produção de alimentos de acordo com os fundamentos da Segurança Alimentar, ou seja, cadeias produtivas que proporcionem menores impactos ambientais, oferta regular de alimentos seguros e de melhor qualidade. Um sistema de produção de alimentos pode ser considerado sustentável quando todas as etapas do processo atendem às cinco dimensões da sustentabilidade: socialmente justo, economicamente viável, ambientalmente adequado, espacialmente equilibrado e culturalmente preservado. Quando essas condições são contempladas nas cadeias produtivas de alimentos, configura-se um cenário que promove a Segurança Alimentar.

PROJETO DE PESQUISA P2: PROMOÇÃO DA QUALIDADE DOS ALIMENTOS
A Segurança Alimentar tem como uma das principais premissas valorizar a alimentação para a saúde e resgatar as práticas alimentares saudáveis, contribuindo para o fortalecimento da produção em bases familiares e da agroindústria. A complexidade das cadeias produtivas de alimentos é enorme e crescente, traduzindo-se em interações múltiplas que podem compor a base dos riscos físicos, químicos e biológicos para os consumidores, cujo controle vem se tornando cada vez mais difícil. Além disso, a ausência de um controle de qualidade rigoroso no processamento, no armazenamento e na distribuição dos alimentos em serviços de alimentação pode acarretar diversos riscos à saúde humana. As doenças transmitidas por alimentos e água contaminada são consideradas um importante e crescente problema econômico e de saúde pública. Tais doenças resultam da ingestão de alimentos contaminados por patógenos, produtos químicos e parasitas, em pontos diferentes da produção, do processamento e da preparação dos alimentos. Os agrotóxicos são os principais responsáveis pela contaminação química de solos, alimentos e água. Assim, a determinação dos seus resíduos em alimentos e em amostras ambientais é importante para estimar a exposição humana e do meio ambiente, devido aos riscos que oferecem à saúde humana e à sua bioacumulação. A determinação de tais resíduos permite avaliar a conformidade da produção agrícola com as Boas Práticas Agrícolas, possibilitando decisões regulatórias comerciais visando garantir a Segurança Alimentar. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa visa à promoção da Qualidade e Segurança de Alimentos para consumo dentro e fora de casa, utilizando metodologias analíticas e técnicas de monitoramento ambiental, desde a produção ao pós-consumo. Busca, ainda, a inovação e disseminação da informação relacionada à Segurança Alimentar, a promoção da saúde da população e de estratégias de desenvolvimento sustentável, alinhadas às políticas públicas locais e regionais.

Grupos de Pesquisa

  • Monitoramento e Preservação Ambiental (UniCesumar, 2014) e Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015), ambos os grupos tendo como líder o Prof. Dr. Ricardo Andreola;
  • Grupo de Materiais Poliméricos e Compósitos (UEM, 1991), tendo como participante o pesquisador Prof. Dr. Marcos Rogério Guilherme, sendo que também participa do grupo Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015);
  • Grupo de Espectrometria de Massas e Prospecção de Biomoléculas (UEM, 2014), tendo como pesquisadora e segunda líder a Prof.ª Dra. Carla Porto da Silva. Também é participante do Grupo de Avaliação Química e Biotecnológica de Produtos Naturais e Sintéticos (UEM, 2009) e Ciência Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015);
  • Grupo de Pesquisa em Avaliação e Monitoramento Nutricional de Comunidades (UEM, 2008), Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015) e Promoção da Saúde, Assistência Farmacêutica e Tecnologia de Insumos para Saúde (UniCesumar, 2005), tendo como participante a Prof.ª Dra. Daniele Fernanda Felipe;
  • Grupo de pesquisa Sistemas Agroambientais de Produção (UniCesumar, 2013) e Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015), tendo como participante a Prof.ª Dra. Graciene de Souza Bido;
  • Grupo de pesquisa Sistemas Agroambientais de Produção (UniCesumar, 2013); Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (2015) e Núcleo de Pesquisa PEIXEGEN (DZO/UEM, 1997), tendo como participante a Prof.ª Dra. Graciela Lucca Braccini;
  • Grupo Ecoeficiência Urbana (UniCesumar, 2011); Ecologia Agroindustrial (UniCesumar, 2011); Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (2015) e Sistemas Agroambientais de Produção (Unicesumar, 2013) tendo como participante a Prof.ª Dra. Isabele Picada Emanuelli;
  • Sistemas Agroambientais de Produção (UniCesumar, 2013) e Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (2015), tendo como participantes os Professores Dr. André Ribeiro da Costa e a Prof.ª Dra. Anny Rosi Mannigel;
  • Ciência, Tecnologia e Sociabilidade (UniCesumar, 2011) e Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (UniCesumar, 2015), tendo como participante o Prof. Dr. Arthur Gualberto Bacelar da Cruz Urpia.

Corpo Docente

Coordenador do Programa
Ricardo-Andreola
Ricardo Andreola
ricardo.andreola@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Engenheiro Químico com doutorado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá (UEM/USP).
Atua principalmente na área de controle de qualidade de água e bebidas em compostos potencialmente cancerígenos à saúde humana.

 


 

Corpo Docente

Andre-Ribeiro-da-Costa
André Ribeiro da Costa
andré.costa@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Engenheiro agrônomo com doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Atua na área de aproveitamento de resíduos líquidos na agricultura e na avaliação da contaminação de alimentos e ocorrencia de doenças por sais usados em cultivos hidropônicos.

 

Anny-Rosi-Manningel
Anny Rosi Manningel
anny.mannigel@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Engenheira agrônoma com doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Atua na área de nutrição de plantas, com ênfase na influência de adubos orgânicos e minerais em plantas medicinais e PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais) e na recuperação de solos agrícolas com uso de gesso agrícola.

 

Ariana-Ferrari
Ariana Ferrari
ariana.ferrari@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Nutricionista com doutorado em Oncologia pela Fundação Antônio Prudente.
Atua na área de nutrição oncológica, com ênfase em alterações metabólicas no câncer e utilização de nutracêuticos. Além disso conduz estudos na área de nutrição esportiva.

 

Arthur Gualberto Bacelar da Cruz Urpia
arthur.urpia@unicesumar.edu.br
 Curriculo Lattes
Economista com doutorado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

 

CarlaPorto
Carla Porto da Silva
carla.porto@unicesumar.edu.br
 Currículo Lattes
Química Indutrial com doutorado em Ciências pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pós-doutorado na Universidade da California San Diego (EUA).
Atua na áre de metabolômica (estudo de metabólitos secundários) aplicada a ciência e tecnologia de alimentos, nutrição e agroindustria.

 

Daniele-Fernanda-Felipe
Daniele Fernanda Felipe
daniele.felipe@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Farmacêutica com doutorado em Farmácia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Atua na área de Controle de Qualidade e Microbiologia dos alimentos. Estudo da ação biológica dos compostos químicos presentes nos alimentos.

 

Graciela-Lucca-Braccini
Graciela Lucca Braccini
graciela.braccini@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Médica veterinária com doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e pós doutorado na mesma instituição.
Atua na área de elaboração de produtos alimentícios para consumo humano a partir de resíduos agroindustriais como aproveitamento sustentável.

 

Graciene-de-Souza-Bido
Graciene de Souza Bido
graciene.bido@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Bióloga com doutorado em Ciências Biológicas (ênfase em Biologia Celular e Molecular) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Atua em estudos de ação de moléculas orgânicas (como metabólitos secundários e insumos agrícolas) no desenvolvimento vegetal e animal. Alelopatia. Perfil oxidativo. PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais).

 

Isabele-Picada-Emanuelli
Isabele Picada Emanuelli
isabele.emanuelli@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
GRAD: Medicina Veterinária – DOU: Biologia

 

jose-eduardo
José Eduardo Gonçalves
jose.goncalves@unicesumar.edu.br 
 Currículo Lattes
Químico com doutorado em Ciências pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).
Atua na área de controle de qualidade de alimentos, imobilização de microorganismos, identificação de substâncias bioativas, cromatografia gasosa e espectrometria de massas.

 

Marcos-Rogerio-Guilherme
Marcos Rogério Guilherme
marcos_guillherme@yahoo.com.br
Currículo Lattes
Químico Licenciado, com doutorado em Ciências pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), pós-doutorado pela Universidade de Campinas (UNICAMP) e pós-doutorado pela Universidade de Montpellier-II (França).
Atua nas áreas de liberação controlada de nutracêuticos, embalagens biodegradáveis para alimentos e no desenvolvimento de produtos voltados para a saúde humana.

 

Ricardo-Andreola
Ricardo Andreola
ricardo.andreola@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Engenheiro Químico com doutorado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá (UEM/USP).
Atua principalmente na área de controle de qualidade de água e bebidas em compostos potencialmente cancerígenos à saúde humana.

 

Stefania-Caroline-Claudino-da-Silva
Stefania Caroline Claudino da Silva
stefania.silva@unicesumar.edu.br
Currículo Lattes
Zootecnista com doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Atua na área de nutrigenômica animal: avaliação de compostos bioativos contidos nas dietas sobre vias metabólicas de interesse por meio de análise genômica.

 

Victor
Victor Vinicius Biazon
victor.biazon@unicesumar.edu.br
 Currículo Lattes
Administrador com doutorado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo.
Atua na área de estudos sobre produtos e serviços de consumo, preferências de escolha e atributos para seleção. Comunicação de atributos para consumo.

Corpo Discente

Discentes 2018
Nome Turma 1/2018
ANA PAULA GARCIA VITORIANO Curriculo Lattes
ALISON GUSTAVO LAURINDO PEREIRA Curriculo Lattes
GABRIEL ROLDI GERALDO Curriculo Lattes
GERVASIO TONO Curriculo Lattes
JAQUELINE ANDREA CUSTÓDIO TREVIZAN Curriculo Lattes
JHENIFER BUFALO FARAONI Curriculo Lattes
JORDANIA LIMA DE SOUZA SETUBAL Curriculo Lattes
LEANDRO DE ALMEIDA Curriculo Lattes
TERCILIANA FRANCIELLE FRANÇA DE CARVALHO Curriculo Lattes

Regimento e Regulamento

Regimento Regimento da Pós-Graduação Stricto Sensu / UNICESUMAR
Regulamento Regulamento da Pós–Graduação Stricto Sensu em Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (PPGCTSA)- UNICESUMAR

Investimento

Mensalidade: 30 parcelas de R$ 1.989,00(*)

(*) Reajustadas a cada doze meses. Valor com desconto para pagamento até a data de vencimento do boleto.

Após o vencimento, será cobrado o valor integral, sem descontos. Valor da mensalidade após vencimento R$ 2.210,00.

Bolsas

CAPES/PROSUP

Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares.

Tem por objetivo apoiar a pós-graduação stricto sensu – mestrado e doutorado – das Instituições de Ensino Superior Particulares, com cursos avaliados pela CAPES, com notas iguais ou superiores a 3, contribuindo para a manutenção de padrões de excelência adequados à formação dos recursos humanos de alto nível imprescindíveis ao desenvolvimento do país.

O PROSUP apoia as Instituições Particulares com recursos financeiros destinados ao custeio de bolsas de estudo, nas seguintes modalidades:

  • Modalidade I: bolsa manutenção + taxa escolar (mensalidade do curso).
  • Modalidade II: taxa escolar (mensalidade do curso)

Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP)

Cooperação Internacional

No plano internacional, a UNICESUMAR estabeleceu convênios amplos, de cooperação e mobilidade recíprocas, com universidades estrangeiras. Esses intercâmbios internacionais contribuem para a capacitação dos Professores e Mestrandos, preparando-os para formar e atuar no mercado de trabalho.

PARCERIAS INTERNACIONAIS
PAÍS INSTITUIÇÃO
Alemanha Deggendorf Instituto de tecnologia
Alemanha Universidade de Munster
Alemanha BDZ Training and Demonstration for Descentralized Sewage Treatment
Alemanha Steinbeis
Angola Fesa
Austrália Students advisor operating as study anywhere
Banco Santander Universidades
Brasil AIESEC
Chile Universidad Mayor
Chile Universidad Andrés Bello
China Lanzhou Jiaotong University
Colômbia Universidad de La Costa -CUC
Espanha Universidad de Cantábria
França Clinique Cour-Cheverny
Inglaterra Coventry University
Irlanda Galway-Mayo Institute of Technology
Japão Shinshu University
México Universidad de Guadalajara
Nações Jocum – Jovens com uma missão
Portugal Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Portugal Instituto Politécnico da Guarda – IPG
Portugal Escola Superior de Enfermagem do Porto – ESEP
Portugal Universidade do Porto
USA Harvard Business School – Institute for Strategy & competitiveness
USA High School Serviços Educacionais Ltda
USA Missouri State University

Infraestrutura e acessibilidade

O Programa de Mestrado em Ciência, Tecnologia e Segurança Alimentar (PPGCTSA) está situado em pavimento térreo, com rampas de acesso e banheiros adaptados. A infraestrutura atual atende plenamente às necessidades do Programa no que tange a acessibilidade, consoante à Nota Técnica nº 385/2013 da Coordenação-Geral de Legislação e Normas de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC.

O PPGCTSA possui salas para os professores, uma sala específica para reuniões do Colegiado do Curso e, ainda, uma sala para a coordenação, uma sala para o funcionamento da secretaria do Programa e atendimento aos mestrandos relativos às questões de ordem administrativa.

A Unicesumar apresenta excelente infraestrutura para o desenvolvimento das atividades de ensino e pesquisa, assim como para eventos. Para a realização dos eventos, a Instituição conta com quatro auditórios localizados: no Bloco 1 (capacidade para 100 pessoas), Bloco 6 (capacidade para 280 pessoas), Bloco 6/Odontologia (capacidade para 70 pessoas) e Bloco 7 (capacidade para 420 pessoas).

O campus da Instituição possui ainda: restaurantes, farmácia, salão de beleza, hotel-escola, livraria, empresa de turismo, agência bancária e terminais de autoatendimento e amplos estacionamentos.

A Unicesumar entende a importância e a necessidade de se investir em projetos culturais, tornando-se assim agente promotora de educação para a sociedade. Para tanto, mantem, no campus, o Museu, a Orquestra Filarmônica, o Coral, o Quinteto de Metais e o Quarteto de Cordas.

A TV e a Rádio UNIVERSITÁRIA FM são emissoras educativas que têm como compromisso a veiculação de programas de estímulo ao desenvolvimento da cultura, da arte e da cidadania, voltados principalmente às questões regionais.

A Unicesumar possui laboratórios de informática distribuído em vários blocos e destinados ao uso exclusivo de professores e alunos, com acesso internet e softwares acadêmicos. Cada laboratório possui em média 35 (trinta e cinco) computadores com acesso à internet.

Além disto, os alunos de mestrado também possuem uma sala reservada na biblioteca, destinada à pesquisa, leitura e debates acadêmicos. A sala possui estações de trabalho e computadores fixos conectados à internet, disponíveis para pesquisa e digitação de trabalhos acadêmicos, além de cabos de redes e acesso à rede wi-fi para conexão de computadores particulares.

Distante 10 km do centro de Maringá, a Fazenda Escola UniCesumar abriga o Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal – BIOTEC. A missão é proporcionar um ensino inovador e de qualidade, articulado com a pesquisa, extensão e prestação de serviços em diversos cursos. A Fazenda Escola apresenta uma área de 146 alqueires, sendo 60 alqueires em pastagens (para a criação de bovinos, equinos e pequenos ruminantes), 26 alqueires para agricultura (para o cultivo de soja, milho, trigo, sorgo, frutas, entre outros) e 60 alqueires em mata nativa.

O Biotec é um laboratório que se destina a pesquisas na área de reprodução animal, com animais de produção como bovinos e equinos. Além de salas de aula, possui ainda estrutura administrativa com sala de professores, secretaria, escritório, vestiário, farmácia e almoxarifado.

Localização

Av. Guedner, 1610, Jardim Aclimação, Maringá-PR

Contato

SECRETARIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR
Térreo do Bloco 07 – Av. Guedner, n. 1610 – Jardim Aclimação – CEP 87.050-390 – Maringá – Paraná

Endereço Eletrônico
ppgctsa@unicesumar.edu.br

Telefone
(44) 3309-2628

Horário de atendimento:
07h30 às 19h00 de segunda a sexta-feira.

PROFª. MA. LUDHIANA ETHEL DE MATOS GARBUGIO
Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa

PROF.ª  DR.ª  SONIA MARIA MARQUES GOMES BERTOLINI
Diretora da Pós-Graduação Stricto Sensu

PROF. DR. RICARDO ANDREOLA
Coordenador do Programa

MARIA SUELI DE SOUZA RUFINE
Secretária Acadêmica dos Mestrados

MARCIA CRISTINA DA SILVA DE ALMEIDA
Secretária do Programa