Buscando crescer profissionalmente, muitas pessoas batem o martelo: investir na educação continuada. Porém, não pensam em ingressar em um mestrado ou doutorado, que são cursos que preparam para a carreira acadêmica. Ao contrário, elas querem uma formação voltada para o mercado. É aí que surge uma dúvida bem comum: qual a diferença entre MBA e pós?

Afinal de contas, nem sempre fica claro o que eles são, o objetivo de cada um, qual formato ambos têm e quando escolher entre um ou outro. Por isso, trouxemos um post que vai explicar definitivamente os dois e ajudar você quanto aos seus estudos. Confira!

Como funciona uma pós-graduação?

A pós-graduação representa uma categoria de formações de nível acadêmico que estão disponíveis para aqueles que finalizaram uma graduação — independentemente de ter sido tecnólogo, bacharelado ou licenciatura — e querem ter uma educação ainda mais qualificada aos níveis científico e profissional.

Ela se divide em dois segmentos: o stricto sensu e o lato sensu. O primeiro, que reúne os cursos de mestrado e doutorado, é voltado para a capacitação docente e/ou de pesquisador científico. Ou seja, está bastante relacionado ao ambiente universitário, como mencionamos na introdução.

Já o segundo, o lato sensu, é aquela categoria centrada na evolução, na atualização e na imersão profissional das pessoas conforme a área de atuação delas. Ela conta, ao todo, com três alternativas de cursos: o MBA e a especialização.

Portanto, é a opção certa para quem busca crescer no mercado, montar um currículo mais competitivo, se preparar para atividades exclusivas de um determinado tipo de trabalho, conquistar o know-how necessário para assumir funções ou cargos mais complexos etc.

O que é MBA?

O Master of Business Administration (MBA) é um curso com carga horária mínima de 360 horas. Ele o apresenta aos aspectos organizacionais, executivos, projetivos, financeiros, contábeis, de departamento pessoal, de marketing e/ou de inovação de empresas e instituições públicas — sempre, é claro, dentro da sua área de formação.

A partir daí, você aprende por conteúdos teóricos e, em especial, práticos sobre as estratégias para gerir diretamente as atividades relacionadas à sua área ou mesmo aos setores responsáveis por elas. Dessa forma, você assume uma posição central dentro da companhia, contribuindo para o sucesso e a expansão dela.

Existe diferença entre MBA e pós?

Como ficou claro nos dois últimos tópicos, a resposta é não. Afinal, qualquer curso sequencial à graduação que você faz para obter novos títulos acadêmicos é, obrigatoriamente, uma pós-graduação.

Isso vale para MBA, especialização, mestrado, doutorado e residência médica. O que existe, de fato, é a diferenciação entre essas alternativas de formação que têm formatos, carga horária e propostas de ensino diferentes entre si.

Qual é a diferença entre MBA e especialização?

É importante entender o que representa a especialização e por que esse é um assunto tão interessante. É que desde a resolução Nº 1/07 do Ministério da Educação, ela é normatizada em todo Brasil como a formação padrão da pós-graduação lato sensu.

Ou seja, todo curso feito nesse tipo de pós, mesmo que receba outro nome e formato, confere a você o título de especialista, pois o objetivo central dele é a especialização do profissional. Isso acontece tanto com a residência médica — por conta da Lei nº6.932/99 — quanto com o MBA — como desta informe oficial do MEC.

Porém, apesar de compartilharem um mesmo ponto central, na prática, residência médica, MBA e especialização são bem diferentes e se consolidaram no ramo educacional brasileiro como alternativas para carreiras opostas e diversas. Focando nos dois últimos, que são os de interesse neste tópico, temos o seguinte:

  • o Master of Business Administration (MBA) o prepara para atividades de gerenciamento no meio corporativo (setor privado) e institucional (setor público);
  • a especialização o leva a aprofundar os seus conhecimentos teóricos e habilidades de atuação em um eixo específico de trabalho que é reconhecido e regulamentado dentro de uma categoria profissional.

Como escolher entre as opções?

Você pode começar a faculdade para fazer um MBA ou uma especialização e, em ambos, ter as mesmas vivências. Por exemplo, ingressar em uma experiência internacional de qualificação do currículo, produzir estudos e pesquisas científicas, participar de eventos acadêmicos e profissionais, praticar networking com colegas, docentes e nomes convidados para atividades de extensão etc.

Portanto, o que vai ser um divisor de águas para ajudá-lo a decidir qual curso fazer é, de fato, o futuro profissional com o qual você sonha. Se o seu desejo é trilhar uma carreira em um ou mais campos de atuação da sua profissão com os quais você tem afinidade, certamente a especialização é a melhor opção.

Por outro lado, se o seu foco é estar a frente de um ou mais departamentos de uma companhia ou até mesmo, quem sabe, ter uma empresa sua, o MBA será um grande diferencial na sua formação.

Por que continuar estudando após a graduação?

A resposta para essa pergunta vai muito além de simplesmente valorizar e tornar mais extenso o seu currículo ou você estar apto a entrar em novos campos de atuação. Ela tem a ver com a atualização de conhecimento e capacitação que os profissionais precisam para continuar qualificados e relevantes para o mercado.

Isso porque cada vez mais as pessoas têm refletido sobre a importância do ensino superior na carreira delas. Não é para menos que, em 2019, segundo o censo da educação realizado pelo MEC, houve 8.603.824 matrículas em instituições de ensino superior, sendo que 6.523.678 foram efetivas naquelas da rede privada.

Logo, com mais pessoas com diploma e com um cenário mercadológico marcado pelo surgimento de novas tecnologias, descobertas científicas, desenvolvimento de novas atividades profissionais e mudanças nas leis e convenções trabalhistas, é essencial seguir investindo em educação. Somente assim você consegue se destacar e se consolidar na sua categoria de atuação.

Como revelado ao longo do texto, não há diferença entre MBA e pós, pois este último representa tanto as especializações quanto o próprio MBA. O importante, de fato, é saber como esses cursos vão qualificá-lo para o mercado e lhe deixar um passo mais perto de atingir seus objetivos profissionais. Por isso, não deixe de investir na educação continuada, independentemente de qual seja a sua escolha de formação!

Curtiu o nosso post? Então aproveite para saber todos os detalhes de como é e de que forma obter a transferência de faculdade para estudar no EAD UniCesumar!

Comentários

Comentários