Quer fazer uma faculdade, mas tem medo de não conseguir bancar as mensalidades do curso? Se esse é o seu caso, fique sabendo que a bolsa de estudos é uma ótima alternativa para quem está com pouco dinheiro.

Apesar de existir diferentes modalidades, a ideia de todas elas é ajudar as pessoas a continuarem os estudos em instituições particulares.

Portanto, grana curta não é motivo para você desanimar, ok?

Continue lendo para saber como as bolsas funcionam e conheça as diversas opções disponíveis!

cta2-curso-superior

O que é uma bolsa de estudos?

Muitas pessoas sonham em entrar para o ensino superior, mas não têm condições financeiras de arcar com o valor das mensalidades. As bolsas de estudos foram criadas com o objetivo de impedir que elas desistam desse sonho por ter uma renda baixa.

Basicamente, existem dois tipos de bolsa de estudos:

  • Integral: cobre 100% da mensalidade do curso, ou seja, o estudante faz a graduação inteira sem pagar nada;
  • Parcial: uma parte da mensalidade é coberta pela bolsa – e a porcentagem varia de acordo com o programa –, o que quer dizer que o estudante precisa pagar o valor restante.

Além disso, saiba que a bolsa de estudos pode ser oferecida por diferentes instituições de ensino, empresas privadas ou pelo próprio governo.

Como funcionam as bolsas de estudos?

Cada bolsa de estudo funciona de um jeito. Isto porque os programas possuem critérios diferentes de participação que precisam ser atendidos para que o estudante tenha o direito de aproveitar o benefício.

Aqueles que são baseados no critério econômico oferecem o desconto na mensalidade para os estudantes de baixa renda.

E a porcentagem costuma variar de acordo com a renda familiar.

Há ainda as bolsas oferecidas de acordo com o desempenho. Elas podem usar como critério, por exemplo, a nota do Enem ou o histórico escolar da pessoa. Portanto, quantos mais altas forem suas notas maiores são as chances de conseguir bons descontos.

Algumas empresas privadas também cobrem a mensalidade de funcionários com bom desempenho como uma forma de investimento. Ou seja, a empresa paga a graduação do colaborador pensando no retorno que ele poderá trazer para o negócio a partir dessa formação.

Existem também os programas de bolsa de parentesco, voltados para os estudantes que têm familiares estudando ou trabalhando na instituição de ensino.

Como os critérios variam, a recomendação é consultar as informações antes. Entre no site da instituição onde você pretende estudar e leia as condições com atenção. Se algo não estiver claro, entre em contato e tire todas as suas dúvidas.

Outra coisa que você precisa saber é que os estudantes bolsistas, na maioria dos casos, precisam mostrar que estão comprometidos com o curso para não perder o benefício. Isso significa que eles devem ter um bom desempenho acadêmico e não ultrapassar o limite de faltas.

Bolsa de estudos - opções

Conheça 10 tipos de bolsa de estudos

Para ficar ainda mais claro como as bolsas de estudos funcionam, confira as modalidades oferecidas pelas Unicesumar para quem quer pagar menos:

1. ProUni

O ProUni (Programa Universidade para Todos) é um programa criado pelo governo federal para aumentar o acesso dos jovens de baixa renda ao ensino superior.

Ele oferece bolsa de estudos integral e parcial para quem estudou em escola pública no ensino médio ou foi bolsista na rede particular. É preciso saber se você atende a todos os critérios para concorrer ao benefício.

2. Bolsa Convênio

Com o objetivo de ajudar empresas a investir em educação e dar qualificação profissional para os funcionários, a instituição criou a Bolsa Convênio. O benefício é oferecido aos colaboradores e dependentes das empresas conveniadas.

3. Campanha ENEM

Se você pretende usar a nota do Enem para entrar na faculdade, saiba que na Unicesumar essa é uma ótima ideia.

Você pode ter descontos de até 50% na mensalidade de todos os cursos EAD ou híbridos. Quem tirou acima de 600 pontos no exame consegue condições ainda melhores.

4. Bolsa Familiar

Quem tem pais, cônjuges, filhos ou irmãos matriculados em cursos da Unicesumar EAD conseguem descontos de 20%.

Caso algum dos seus familiares esteja fazendo a graduação, você só precisa ir ao polo de apoio presencial para pedir o benefício.

5. Eu Indico

O programa Eu Indico dá descontos na mensalidade de alunos que indicarem novos alunos para fazer um curso a distância na instituição. O candidato que se matriculou também recebe um desconto na primeira mensalidade.

6. Campanha Transferência Externa

Quem sai de uma instituição para estudar na Unicesumar consegue descontos especiais de 30% graças à Campanha Transferência Externa.

Fique sabendo que o benefício é válido tanto para quem pretende continuar um mesmo curso quanto mudar de área.

7. Bolsa Egresso

Continuar os estudos é sempre uma boa ideia. Por isso, a Bolsa Egresso é um programa que oferece descontos de 30% para ex-alunos da Unicesumar.

Tem direito a aproveitar o benefício todos os que concluíram uma graduação ou pós-graduação na instituição tanto na modalidade presencial quanto a distância.

8. Bolsa Maturidade

Quem disse que para estudar existe limite de idade? Com a Bolsa Maturidade, pessoas com 50 anos ou mais também podem fazer um curso de graduação EAD. O programa oferece um desconto de 30% nas mensalidades.

9. Ensino Médio

Já a Campanha Ensino Médio é voltada para os estudantes que terminaram o ensino médio há no máximo dois anos. Eles podem aproveitar 20% de desconto nas mensalidades dos cursos híbridos e EAD.

10. Programa Sempre em Dia

A última opção de bolsa de estudos é o Programa Sempre em Dia. Pagando as mensalidades em dia por:

  • 1 mês: você ganha uma bolsa integral para um curso de inglês;
  • 6 meses: uma bolsa integral até o fim da graduação;
  • 12 meses: uma bolsa integral de pós-graduação para você continuar os estudos.

Qual bolsa de estudos é a melhor opção?

Analise com cuidado os critérios de cada programa, coloque os detalhes no papel e faça um comparativo das diferentes modalidades. Isso vai ajudar você a descobrir qual é a bolsa de estudos ideal.

Viu? Dá para estudar pagando pouco. Não adie mais esse sonho e comece logo a fazer uma graduação!

Que tal conferir outras dicas?

Siga a Unicesumar EAD no Facebook e no Instagram para acompanhar conteúdos interessantes sobre educação e mercado de trabalho.

cta1-curso-superior

Comentários

Comentários