Criado em 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure nos Estados Unidos, o Outubro Rosa sempre teve um objetivo: conscientizar sobre a prevenção do câncer de mama.

E embora pareça assunto batido, é importante relembrar desse movimento ano após ano. Isso porquê oferecer informação acerca do câncer de mama e viabilizar o acesso aos serviços de diagnóstico e tratamento nunca é demais, pelo contrário, é colaborar com a redução de vítimas acometidas pela doença – para se ter ideia, este é o tipo mais comum de câncer no Brasil e no mundo, chegando a 25% de novos casos a cada 12 meses.

Causas e possíveis sintomas do Câncer de Mama

A multiplicação desordenada das células da mama é a causa dessa doença. Estas, anormais, acabam dando origem a um tumor, e alguns se desenvolvem rapidamente, outros lentamente, a depender de suascaracterísticas próprias.

Os sintomas também podem variar bastante, mas os mais comuns são:

– Inchaço do braço;

–  Impressão de nódulo aumentado na axila;

– Assimetria entre as mamas (tamanho ou forma);

– Nódulo, massa ou caroço endurecido, sempre presente, com/sem alteração de tamanho;

– Vermelhidão, calor ou dor na região mama, mesmo que não apresente nódulo;

– Pele ou mamilo mais grosso (estilo casca de laranja), retraído ou com feridas;

–  Sulco na mama, aparentando afundamento de uma parte;

– Coceira frequente, apenas no mamilo ou em toda a mama;

– Secreção pelos mamilos (aspecto de água ou sangue).

Ah! Essas anormalidades podem aparecer separadas ou simultaneamente, e nem sempre indicam a presença de um câncer, ok? Em razão disso, uma consulta médica é sempre necessária.

Diagnóstico precoce

Conhecer a si e o seu corpo é meio caminho andado. Por isso o incentivo ao autoexame é constante. Bastam alguns minutos, durante o banho ou a troca de roupa, por exemplo, para observar e apalpar as mamas. Qualquer mudança suspeita deve ser reportada ao especialista da área.

Este exame manual pode também ser realizado por enfermeiro ou médico. Além disso, existe a mamografia, uma espécie de raio X, em que mesmo tumores bem pequenininhos e escondidos podem ser notados, assim como exames de tomografia e ultrassonografia.

Importante também é ir ao médico ginecologista regularmente, pelo menos uma vez ao ano, para consulta e exames de rotina, como de tomografia e ultrassonografia, principalmente após a primeira menstruação, também possibilita a detecção precoce de sinais e sintomas do câncer de mama e de outras doenças e distúrbios da mulher.

Tratamento

Uma vez constatada a presença do câncer, há duas formas de tratamento:

1. Procedimento local: cirurgia e radioterapia;

2. Procedimentos sistêmicos: quimioterapia, terapia biológica e hormonioterapia.

A escolha do melhor plano terapêutico será determinada pelo médico responsável, que avaliará o resultado de todos os exames, incluindo a biópsia. Quanto à paciente, ela tem direito ase submeter ao primeiro tratamento no SUS, num período de até 60 dias se firmado um diagnóstico em laudo patológico, ou prazo menor, conforme a necessidade. Isso de acordo com a Lei nº 12.732/2.012.

Só que pra assegurar o atendimento dentre deste prazo às usuárias do SUS, a colaboração direta de gestores e responsáveis pelos fluxos de atenção oncológica e regulação dos serviços é indispensável.

Outubro Rosa For Fashion

A EAD Unicesumar, em parceria com o Hospital do Câncer de Maringá, propôs um desafio aos estudantes do curso de Design de Moda EAD: a criação de uma estampa de camiseta para a campanha publicitária Outubro Rosa de 2021.

A proposta tinha como objetivo sincronizar os aprendizados teórico e prático, possibilitando um momentoímpar de experiência individual ao estudante. Além disso, oportunizar a apresentação do seu talento, através da criação de um produto de sua autoria.

Os participantes do concurso deveriam desenvolver e apresentar seus croquis, por meio de desenho manual ou digital, com as duas logomarcas, nas cores, branca ou rosa. O julgamento seria realizado pela diretoria do hospital, que poderia realizar todas as alterações necessárias na arte, conforme edital.

O primeiro lugar do Outubro Rosa For Fashion, Nádia Polinarski, teve como premiação a sua criação, com assinatura, utilizada durante toda a campanha. Aos demais, foram emitidos certificados de participação no desafio, com 20 horas complementares. Confira abaixo as fotos da estampa vencedora:

Obrigada a todos aqueles que participaram! Incentivar o autocuidado também é uma forma de amor – fora que ele nunca sai de moda, né?!

Comentários

Comentários