No universo do ensino superior, existem três tipos diferentes de classificação entre as instituições: faculdade, centro universitário e universidade. Por falta de informação, muita gente olha pra esses conceitos e acha que são sinônimos – só que não. Cada um deles tem suas próprias características, limites e vantagens, e esses fatores fazem toda a diferença na sua formação. Então partiu conhecer a diferença entre faculdade, centro universitário e universidade?

Conheça a diferença entre faculdade, centro universitário e universidade

Faculdade – é a raiz de tudo; o ponto de partida. São instituições de ensino superior, públicas ou privadas, focadas normalmente em uma área específica do conhecimento.

Dentre todas as categorias, é a mais limitada em termos de abrangência e a que menos tem autonomia pedagógica. Elas ofertam uma quantidade menor de cursos, que só podem ser criados ou excluídos com a autorização do MEC.

São perfeitas para quem busca formação na área e não se interessa em pesquisa ou extensão acadêmica. Aqui, o foco principal é formar estudantes para a vida profissional.

Centro Universitário – é maior que as faculdades e menor que as universidades. Estas instituições de ensino superior, públicas ou particulares, englobam uma ou mais áreas de conhecimento.

Elas se destacam pelo nível de titulação do corpo docente e pela qualidade ofertada em seus serviços. Além disso, têm autonomia para criar, gerenciar e extinguir cursos e programas de ensino superior, dentro de sua sede.

Mesmo assim, os que têm interesse em um desenvolvimento mais aprofundado de seus conhecimentos podem se frustrar. Centros universitários não têm o dever de atender à comunidade, nem de produzir pesquisas ou atividades de extensão. Porém, apesar de não atenderem às exigências do MEC para se adequar à universidade, são uma boa alternativa de formação.

Universidade – em algum momento, foi uma faculdade ou centro universitário que aumentou a sua estrutura e cumpriu todos os requisitos estabelecidos pelo MEC. São instituições, públicas ou privadas, multidisciplinares e que se distinguem pela qualificação do corpo docente e excelência do ensino.

Esse título dá, à instituição, autonomia total para criar, conduzir e extinguir seus cursos e programas. Também devem oferecer pelo menos quatro programas de pós-graduação strictu sensu (mestrado e doutorado), além de prestarem atendimento à comunidade.

Destacam-se, principalmente, por sua produção intelectual relevante, da perspectiva cultural e científica. Unem, em todas as suas atividades, ensino, pesquisa e extensão; os três eixos da atividade acadêmica. Sem dúvida, é a melhor opção para quem deseja uma base sólida, desenvolvendo competências específicas para o mercado ou academia.

Sobre a Unicesumar

Atualmente, a Unicesumar está classificada como universidade. Isso significa que ela faz parte de um grupo seleto de instituições que, por sua excelência, conquistaram esse título.

São diversos fatores que colocam a Unicesumar em uma posição de destaque, mesmo em comparação com outras universidades, como o corpo docente de mestres e doutores, material didático premiado. São vantagens que impactam diretamente na formação dos alunos e revelam a preocupação da instituição em sempre entregar o melhor.

Agora que você já sabe qual é a diferença entre faculdade, centro universitário e universidade, não tem desculpa. Na hora de escolher onde investir na sua formação, dê preferência para instituições que possuem tradição, reconhecimento e autonomia. Dessa forma, você tem a certeza de que está se desenvolvendo com qualidade e que sua formação será sólida.

Falando em formação sólida, que tal conhecer os mais de 50 cursos da EAD Unicesumar? Acesse www.unicesumar.edu.br/ead/.

 

 

Comentários

Comentários