Desfiles, eventos cheios de glamour e muito luxo. Tudo isso pode fazer parte da rotina de quem estuda design de moda e trabalha na área. No entanto, por trás de toda pompa, existe trabalho duro, dedicação e paixão pelo segmento para se destacar nele.

Você pensa em seguir essa carreira? Se ainda não a conhece completamente, tem dúvidas sobre como funciona o curso e quais as possibilidades que ele oferece, esse artigo é para você!

design-de-moda-a-distancia

O que é o curso de design de moda?

É uma formação acadêmica de nível superior que capacita o aluno para criar e vender peças de roupas, sapatos e acessórios. Isso abrange toda a cadeia têxtil.

Além de desenhar suas próprias criações, o formado em design de moda também sai da faculdade apto a planejar estratégias de marketing e formas de promover as vendas.

Também aprende a estudar, pesquisar e analisar o comportamento dos consumidores que constituem seu público-alvo, antecipando tendências e lançando novidades no mercado. Os estudos presentes nesse curso não são voltados exclusivamente ao universo fashion.

Existem muitos elementos que interferem na forma como uma pessoa se veste. Vai desde aspectos históricos e culturais até o estilo de vida e outros traços particulares. É importante que o designer entenda tudo isso.

Atualmente, além do bacharelado, existe também o curso de tecnologia em design de moda. Tem uma duração menor, de cerca de dois anos, e embora possua em sua grade matérias de cunho teórico, é mais focado na prática.

O tecnólogo tem a característica de formar profissionais atendendo às demandas e necessidades do mercado de trabalho É uma boa opção para quem deseja mais agilidade para obter o diploma e ingressar na profissão.

Mercado de trabalho

O Brasil não tenha tanta tradição no setor de moda (se comparado com países europeus, como a França, por exemplo). Mas nos últimos anos, a nação tem ganhado destaque internacional.

Estilistas cheios de personalidade e criatividade, como Alexandre Herchcovitch, Carlos Miele e Iódice, têm contribuído muito para que os designers brasileiros ganhem reconhecimento e respaldo lá fora e no Brasil.

Houve um tempo em que os próprios brasileiros achavam que só os modelos criados no exterior tinham qualidade e sofisticação suficientes, mas esse mindset tem mudado.

O mercado de design de moda oferece diferentes possibilidades de atuação, como você vai ver a seguir. O fato de ser bastante amplo faz com que se mantenha sempre aquecido.

design-de-moda-mercado-de-trabalho

Estilista que produz para marcas

Depois de formado em design de moda, você pode trabalhar para alguma marca, dentro de uma empresa. Nesse caso, existem vários cargos que podem ser ocupados. Os estilistas são os responsáveis pelo trabalho criativo, desenhando as peças, escolhendo as cores e texturas ou elaborando as estampas dos tecidos que serão utilizados na confecção.

Também é possível trabalhar com modelagem, atuando em parceria com o estilista. A função é colocar os desenhos nos moldes, para conduzir a produção têxtil das peças. Dentro das empresas, também são necessários profissionais formados em design de moda. Eles vão trabalhar na área de negócios, supervisionando a compra de materiais, elaborando estratégias de marketing e de comercialização dos produtos.

Designer de moda pode abrir a própria empresa

Se o seu objetivo como designer for empreender, as chances de concretizá-lo são grandes. Marcas com uma perspectiva mais local estão em alta. Focando em uma região ou um segmento mais específico de público, é possível ficar mais próximo dos consumidores e atender melhor às suas necessidades.

Empresas que prezam pela sustentabilidade em seus processos também têm tudo para crescer. O público está de olho nessa questão e tende a priorizar os empreendimentos que demonstram ter consciência ecológica.

Outro ponto positivo de abrir a própria empresa é que você tem a chance de imprimir a sua marca e o seu estilo nas peças, deixando o seu legado para o mundo da moda.

cta1

Ter um e-commerce

Abrir uma empresa física pode exigir um investimento mais alto, por isso, uma alternativa é apostar no e-commerce. De uns anos para cá, os brasileiros estão se sentindo mais seguros para comprar pela internet, incluindo roupas, calçados e acessórios.

Por isso, o comércio online está crescendo e rendendo um bom faturamento para os empreendedores.

Jornalismo de moda

É possível unir design de moda e jornalismo, trabalhando em revistas, sites e outras publicações desse segmento. Um jornalista de moda acompanha desfiles e eventos, escreve sobre as tendências da temporada, tendências de comportamento e assuntos relacionados.

Esse profissional, além de estar antenado no que acontece no Brasil e no mundo, também precisa ficar atento às publicações que são referência no segmento. Muitas inspirações vão surgir de lá.

Depois de escolher a área desejada, você ainda pode se especializar nela.

É só luxo?

Há pessoas que se sentem atraídas pelo curso de design de moda esperando uma profissão glamourosa. É verdade que existe a chance de conhecer grandes modelos, estilistas e celebridades nos bastidores dos principais desfiles; ter acesso às coleções antes do grande público; participar de festas e eventos luxuosos.

Mas, independentemente da carreira escolhida, a profissão está longe de ser só isso: ela exige muito trabalho duro!

Além de prazos apertados (afinal, tendências mudam o tempo todo, agilidade é fundamental), a área de design de moda está sujeita a inúmeros imprevistos.

Você pode estar organizando um grande desfile para divulgar a nova coleção e ter algum problema de última hora com as modelos. Pode ter que enfrentar o mau tempo em ensaios fotográficos externos; correr o risco de o concorrente lançar peças com o diferencial que você planejava antes da sua empresa e muitos outros.

Dependendo da sua função, não haverá rotina fixa e muito trabalho precisará ser feito nos finais de semana. As viagens a trabalho podem ser incríveis e cansativas ao mesmo tempo. Se você for jornalista, não pense que é simples conseguir uma entrevista exclusiva com o estilista que está “bombando” no momento.

Apesar de todos os desafios, o design de moda é a sua paixão? Na Unicesumar, você pode fazer o curso a distância, com total praticidade e flexibilidade. Navegue pelo site e saiba mais.

cta3

Comentários

Comentários