Já faz tempo que games on-line deixaram de ser mero entretenimento. Hoje, jogos multiplayer têm até um nome de modalidade que expressa essa seriedade: esporte eletrônico ou e-Sports.

Existem diversas opções de competições para quem curte títulos como DotA, League of Legends, Counter Strike, entre outros. Os vencedores dos campeonatos levam quantias de dinheiro muito atrativas. Você já pensou em trabalhar com e-Sports? Quer ser um gamer profissional?

e-sports-campeonato

Como funcionam os campeonatos de games

A lógica de organização do e-Sports é muito semelhante a dos esportes tradicionais. Existem ligas, times, treinadores e, obviamente, jogadores. As equipes costumam ser patrocinadas – ou mesmo pertencer diretamente – a grandes marcas do segmento de games.

Os melhores técnicos costumam vir da América do Norte, de algumas partes da Europa e da Ásia, precursora do esporte. A Coreia do Sul é destaque na modalidade, e não é para menos. Lá, os e-Sports são esportes reconhecidos oficialmente desde 2000.

Embora os esportes eletrônicos tenham ares de novidade no Brasil, o sistema já é estabelecido e organizado em muitos países do mundo. É possível que um jogador consiga vistos específicos para atletas quando estiver indo disputar um campeonato internacional, por exemplo.

Os torneios também possuem narradores oficiais, assim como em uma partida de futebol, e plateias tão lotadas quanto a de uma luta de UFC. Disputas importantes são transmitidas pela internet e podem ser vistas por milhões de pessoas. Os players mais famosos e habilidosos ganham fama, dinheiro, patrocinadores e uma legião de fãs. É coisa séria!

Existem diversas modalidades de e-Sports e o jogador pode se especializar na que possui mais habilidade. O mais popular é o MOBA, sigla de Multiplayers On-line Battle Arena, voltado para games em tempo real que mesclam RPG, estratégia e modos de jogo colaborativos, o famoso multiplayer.

É o MOBA que mobiliza mais fãs e arrasta multidões, além de também oferecer boladas que podem chegar a um total de 20 milhões de dólares em campeonatos mundiais.

Outras competições de games famosas

Outros torneios populares são os de EVO (Evolution Championship Series), que envolvem jogos de luta como Mortal Kombat e Street Fighter, e os de Counter Strike, que chega a oferecer 50 mil dólares para a equipe vencedora de seu campeonato mundial.

Outro queridinho dos jogadores é o World of Warcraft, um dos games com maior número de competições oficiais ao redor do mundo, sendo as mais populares dentro da BlizzCon, uma convenção anual organizada pela produtora Blizzard, dona da franquia.

Mas quem não é do RPG também tem vez nesse mercado. Existem campeonatos internacionais e nacionais dos mais diversos estilos de games, desde corrida de carros até cartas.

Inclusive, os torneios de jogos de cartas virtuais que costumam ocorrer dentro da Blizzcon chegam a pagar 100 mil dólares ao vencedor. No Brasil, também existem várias competições para quem manda bem em jogos de futebol, como o FIFA 16. Estas também possuem eliminatórias, ranking nacional e boas premiações em dinheiro.

cta1

Como ser um gamer profissional

Transformar o hobby em profissão, como sempre, demanda tempo, foco, dedicação, esforço, estudo e paixão. Para começar sua carreira nos e-Sports, a primeira etapa pode parecer muito divertida: escolher um game, focar nele e treinar.

Escolha o jogo no qual você tem mais habilidade e facilidade, mas não só isso – é preciso que seja um título que agrade em todos os sentidos, desde o visual até a história, o desenvolvimento, o universo e as potenciais atualizações.

Gostar do que se faz torna tudo mais simples. O treinamento, que soa como a melhor parte no primeiro momento, também pode acabar ficando exaustivo. Os campeões das principais categorias MOBA costumam jogar, em média, 12 horas por dia enquanto se preparam para as competições. A prática leva à perfeição.

Também pode ser necessário investir em um equipamento melhor, já que velocidade é um elemento crucial em embates multiplayer. Jogadores profissionais costumam ter um PC turbinado, montado especialmente para ter um desempenho perfeito nos principais jogos on-line.

Quem compete em modalidades coletivas também costuma ter um notebook igualmente potente. Assim, fica mais fácil se locomover e encontrar os companheiros de equipe presencialmente para treinar.

Networking, contudo, acaba sendo a parte mais importante para se tornar um campeão. Para entrar no mercado, é fundamental que você entre no meio e conheça as pessoas certas.

Comece entrando em fóruns, grupos e comunidades nacionais e internacionais voltadas para fãs de e-Sports e players profissionais. É imprescindível conhecer alguém no meio para encontrar uma equipe em potencial, treinadores que se interessem pelas suas habilidades e, principalmente, patrocinadores de peso.

Que faculdade posso fazer para trabalhar com games?

Se você quer entrar para alguma modalidade de e-Sports, fazer uma faculdade na área pode ser um passo muito importante. Além de obter conhecimento técnico sobre a área, você ainda pode fazer contatos importantes entre seus colegas e professores que te coloquem em contato com o universo das competições.

A faculdade mais indicada para quem deseja trabalhar com e-Sports é a de design de games. Entretanto, é possível ingressar na área com diversas graduações semelhantes, como design gráfico ou mesmo cinema e audiovisual, por exemplo.

Quem já possui um diploma de ensino superior pode começar a trabalhar com games e fazer contatos no ramo por meio de especializações e pós-graduações como roteiro, modelagem 3D, motion graphics, motion design, design de interface, áudio e efeitos especiais, para citar algumas.

Posso ser gamer profissional estudando à distância?

Claro! Existem muitos tipos de graduações EAD para quem deseja entrar nesse mercado de e-Sports com o pé direito. Vale procurar faculdades EAD nas áreas de design de games, programação, análise e desenvolvimento de sistemas, ciência da computação, engenharia da computação, gestão da informação e engenharia de software, por exemplo.

Está esperando o quê? Conheça já os cursos de TI e torne-se um gamer profissional. Quem sabe você não inicia uma carreira brilhante como competidor de e-Sports?

cta2

Comentários

Comentários