O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) tem como função avaliar a qualidade dos cursos de ensino superior no Brasil. Alunos de todo país são requisitados a participar da avaliação sendo que, no caso de alunos do último ano, a participação é obrigatória para a emissão do certificado escolar.

Mais do que se preparar para essa etapa da sua vida, é importante também conhecer todos os detalhes de como, quando e por que realizar esse importante exame que pode valorizar o seu futuro.

Porque fazer

O exame do Enade, é a maneira como o MEC faz a avaliação das habilidades dos estudantes que estão próximo à conclusão da graduação. Com a prova é possível avaliar também, como está o nível do conhecimento dos alunos sobre a áreas em que estão se capacitando.

Quanto melhor a nota dos alunos, maior será a pontuação da instituição de ensino em que estudam. A nota obtida com o exame, é um bom indicativo da qualidade do ensino e da capacidade da instituição de desenvolver todo o potencial do estudante para ingressar no mercado de trabalho.

Além disso, é uma oportunidade única para avaliar a qualidade do seu o curso e o seu próprio desempenho durante a graduação e a realização da prova é requisito obrigatório para obter o diploma.

Como a prova do ENA DE funciona

Todo ano, o MEC seleciona quais cursos serão avaliados. A prova traz questões com temas gerais aplicáveis a todos os cursos que estão sendo avaliados e também traz questões de conhecimentos específicos, relacionadas apenas a área de estudo do aluno.

Normalmente, as provas do Enade acontecem apenas 1 vez ao ano no mês de novembro, a única exceção aconteceu em 2020. Com a pandemia, a prova não aconteceu, portanto, os alunos elegíveis de 2020 também farão a prova em 2021.

Marcado para o dia 14 de novembro, o exame do Enade 2021 será composto por uma prova com 40 perguntas. O conteúdo é dividido entre 10 questões de formação geral, com temas comuns a todos os cursos, e 30 questões de componente específico, com perguntas próprias de cada área. No total, serão cinco questões discursivas e 35 de múltipla escolha. Os estudantes terão 4 horas para realizar a prova.

Como se preparar

Agora que você já conhece a importância de fazer o ENADE e como ele funciona é preciso saber como se preparar para mandar bem e garantir uma boa nota.

1 Confira a prova de edições anteriores

Nada melhor do que praticar para reforçar o que já aprendeu. Então busque simulados e provas realizadas nas edições anteriores. Isso vai te ajudar a rever conteúdos de disciplinas que você já teve, além de ajudar a se adaptar com o modelo da prova

2. Dedique-se a disciplinas específicas da graduação

Boa parte das questões da prova, são dedicadas a disciplinas específicas do seu curso de graduação, na hora de estudar de prioridade a elas. Se possível, adiante materiais que ainda não estudou. Outra dica é priorizar as disciplinas em que encontrou alguma dificuldade ou foi mais desafiadora.

3.Fique atento aos assuntos atuais do país e do mundo

Exames de nível nacional como ENADE, exigem do aluno, conhecimentos sobre a atualidade do país e do mundo. Por isso, fique a atento a notícias relevantes e assuntos atuais, pois, eles são importantes para a realização de uma boa prova.

4. Leia cada questão com atenção

Muitos alunos erram questões apenas por não fazerem a leitura correta do enunciado. Identifique a situação, ou o problema e qual o comando proposto pelo enunciado para responder corretamente.

5. Vá para a prova com corpo e mente descansados

Estar com a saúde em dia é fundamental para um bom desempenho na prova. Procure dormir bem na noite anterior e tenha apenas refeições leves. Pequenas atitudes como essas ajudam a manter o foco ao longo do exame.

5. Fique atento à data e ao horário do exame.

Na data da prova, confira antes onde será o local da aplicação e se programe para chegar com antecedência e evitar qualquer imprevisto.

A falta de informação pode te deixar ansioso e prejudicar seus resultados. Por isso, siga as dicas e se prepare da melhor forma para o Enade. O exame é uma boa oportunidade para analisar seus conhecimentos e identificar onde precisa melhorar para se tornar um bom profissional.

Se gostou do texto, não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Comentários

Comentários