Sabe qual é um comportamento bastante comum entre quem se prepara para o Enem? Esquecer das necessidades do próprio corpo e achar que somente a memorização do conteúdo vai garantir uma boa pontuação. Se você pensa assim, prepare-se para mudar de ideia. Nos estudos para o Enem, é essencial manter corpo e mente saudáveis!

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas para ajudar você a prezar por sua qualidade de vida nos meses anteriores ao exame. Aqui, você perceberá que é fundamental manter uma alimentação equilibrada e uma rotina de exercícios e alongamentos.

Vamos lá?

1. Mantenha seu ambiente de estudo limpo e organizado

Vamos começar pelas técnicas mais simples de serem aplicadas nos estudos para o Enem. Mantenha seu espaço de estudo bem organizado para evitar perder tempo tentando localizar objetos (como canetas, livros e papéis) no meio da bagunça. Quando você estiver estudando, sua concentração precisa ser canalizada para o que importa: compreender o conteúdo.

Portanto, reserve algumas horas durante o fim de semana para higienizar e organizar esse ambiente. Faça com que o ar circule e garanta que ele permaneça sempre bem iluminado. Mentalize a fórmula: quando mais organização, maior produtividade!

Dica: evite estudar deitado na cama ou no sofá para não correr o risco de cochilar. O ideal é você se sentir confortável e focado ao longo da atividade.

cta1-rotina-enem

2. Alimente-se de forma equilibrada e saudável

Sim, a alimentação é importantíssima para sua saúde física e mental. Você é daqueles que pula refeições e depois desconta em enormes porções de fast food? Pois saiba que essa atitude pode afetar negativamente funções cerebrais como memorização e raciocínio lógico.

Um cérebro saudável é resultado de alimentação equilibrada e de descanso adequado. Manter esse ciclo aumentará seu rendimento e capacidade de concentração, melhorará seu metabolismo e sistema imunológico, além de fazer com que você tenha mais disposição ao longo do dia. Isso é especialmente válido para quem precisa conciliar uma rotina de trabalho com estudo.

Pense desta maneira: o alimento que você ingere é seu combustível. Se você quiser ter uma boa performance, é necessário garantir que seu corpo tenha todas as necessidades atendidas!

3. Ao estudar, programe intervalos e alongue seu corpo

Mesmo que você não perceba, ficar muito tempo na frente do computador ou dos livros faz com que você adote uma má postura e acumule tensão na região cervical (pescoço e ombros). Por conta disso, passar horas estudando sem fazer pausas pode resultar em lesões, câimbras, perda de flexibilidade, além de baixo rendimento.

Como evitar essas consequências durante os os estudos para o Enem? Simples: programe seus estudos e também os intervalos. Respeite os sinais de cansaço que seu corpo emite e intercale o tempo de estudo (por exemplo, blocos de 35 a 40 minutos) com intervalos de 7 a 10 minutos.

Sempre que fizer essa pausa, levante da cadeira, caminhe pelo quarto e alongue-se. Os alongamentos são importantes aliados na hora de prevenir lesões, aliviar as tensões musculares e corrigir a postura. Não sabe por onde começar? Há muitos vídeos explicativos disponíveis gratuitamente na web.

4. Relaxe ouvindo música

Músicas não servem apenas para entreter. Elas nos ajudam a relaxar e canalizam nosso foco para alguma atividade ou emoção específica, amplificando nosso estado de humor e ativando o hipocampo, a área de nosso cérebro relacionada à memorização.

Há instrumentos musicais que estimulam o relaxamento, como a flauta de bambu, a harpa e o hang drum. Veja como você responde a esses sons.  

Outra boa ideia é criar uma playlist para momentos de descanso e relaxamento em plataformas interativas, como o Spotify.

Para ajudar você nessa tarefa, preparamos algumas playlists que podem servir para deixar você relaxado ou até mesmo animar seus estudos!

Não deixe de manter uma rotina de exercícios físicos nos estudos para o Enem

5. Mantenha uma rotina de exercícios físicos

E finalmente chegamos a eles: os exercícios físicos!

Saiba que praticar esportes e atividades físicas rotineiras não é só para quem quer ser atleta. Na verdade, juntamente com a alimentação saudável, os exercícios serão grandes aliados na hora de manter sua qualidade de vida nessa fase dos estudos para o Enem.

Os exercícios trazem inúmeros benefícios para o corpo (como reforçar a musculatura e prevenir doenças), mas também para a mente, já que combatem o estresse, melhoram o sono e o humor.

Você já deve ter tido a sensação de extremo cansaço mental depois de um dia de trabalho e estudo, certo? Nessas horas, uma maneira bastante eficaz de aliviar a tensão e esvaziar a mente é caminhar ou correr.

6. Reserve um tempo para fazer o que você ama

Tão importante quanto estudar é deixar seu cérebro descansar. Em um dia da semana (por exemplo, no sábado ou no domingo), não faça nada relacionado aos estudos ou ao exame. Vá ao cinema, tome um café com seus amigos, leia um livro, visite um local que você ainda não conhece, enfim, ache alguma atividade prazerosa e que ajude sua mente a relaxar.

Essa é uma forma de recompensar seus esforços e conseguir energia para continuar sua rotina de estudos. Durante esse dia, também não fique grudado no celular ou nas redes sociais. Muitas vezes, quando fazemos isso, cansamos ainda mais nossa mente e a enchemos de informações nada construtivas.

Invista sua energia em atividades que trarão ainda mais energia!

7. Aprenda a meditar

Você sabia que praticar Yoga é uma ótima maneira de manter o corpo alongado, flexível e saudável?

Estamos falando de uma atividade e uma filosofia milenar, cujo objetivo é promover a saúde física e emocional de seus praticantes.

Uma das técnicas da Yoga é justamente a meditação. Quem medita consegue canalizar sua atenção para um único estímulo (como seu ritmo respiratório, por exemplo) por um longo tempo. Essa é uma habilidade bastante útil para quem precisa estudar assuntos ou matérias que considera “chatas” ou “cansativas”.

Há muitos estudos que revelam que a prática da meditação diária, mesmo que por alguns minutos, estimula a memorização e a aprendizagem!

Pois bem, a fase de estudos para o Enem vai exigir dos candidatos muita dedicação e comprometimento. Agora você já sabe que, para melhorar seu rendimento e obter sucesso no exame, é preciso cuidar tanto do corpo quanto da mente. Manter uma alimentação balanceada, um ambiente de estudos organizado, bem como praticar exercícios e investir em técnicas como Yoga e meditação são dicas preciosas que irão ajudar você a ter uma rotina mais saudável e equilibrada.

Já está pensando em como construir sua carreira após o exame? Então confira nossos 37 cursos de graduação!

cta2-rotina-nem

Comentários

Comentários