Você sabia que no dia 3 de junho é celebrado o Dia do Profissional de Recursos Humanos? É ele quem cuida de todos os outros profissionais, buscando equilibrar as relações entre a organização e as pessoas que a compõem.

Recursos Humanos é a função relacionada a recrutamento, seleção, treinamento, desenvolvimento, recompensas, avaliação de desempenho, motivação e retenção de talentos. De forma geral, a área atua para contribuir com o alcance dos objetivos organizacionais. Além disso, simultaneamente, favorece e incentiva o alcance dos objetivos individuais dos trabalhadores. Atuar na área de Recursos Humanos é, sem dúvidas, um grande desafio. Ao mesmo tempo em que se pensa o negócio da organização, é necessário cuidar das pessoas.

Contexto da área de Recursos Humanos

Ao longo das décadas, a área de Recursos Humanos tem vivenciado grandes transformações. Se antes era considerada burocrática e focada na contabilização de salários, atualmente, tem assumido um papel cada vez mais estratégico dentro das organizações.

Diante disso, a área de Recursos Humanos deve estar voltada, permanentemente, para ajudar a organização a alcançar seus objetivos e a realizar suas missões, tornando-a competitiva. Deve, ainda, prover profissionais bem treinados e motivados, ao mesmo tempo em que desenvolve e mantém a qualidade de vida no trabalho, administra as mudanças e incentiva políticas éticas e comportamento socialmente responsável.

Atualmente não se fala mais em Gestão de Pessoas, mas sim na Gestão com Pessoas. Administrar com as pessoas significa tocar a organização juntamente com os colaboradores e os parceiros internos que mais entendem de seu funcionamento e de seu futuro, não mais como um recurso servil e passivo no processo de uma organização, mas como um objetivo, um sujeito ativo e provocador das decisões, empreendedor das ações e criador da inovação dentro das organizações.

Podemos compreender melhor o contexto atual que a área de Recursos Humanos vivencia, além de ter que se posicionar estrategicamente junto ao negócio, o RH precisa desenvolver e criar políticas que possam influenciar a cultura organizacional. De tal forma que os velhos paradigmas sejam superados, ou seja, sair de uma condição de administrar as pessoas e verdadeiramente construir uma gestão com e por meio das pessoas.

Certamente contribuirá para a implantação de um modelo de gestão mais transparente, estimulando e criando uma cultura de participação de todos os envolvidos, o que é muito interessante para o processo de democratização das organizações.

Perceba o quanto é desafiador atuar com Recursos Humanos, ter em mãos a responsabilidade de garantir que as pessoas sob o seu comando se comportarão e desenvolverão trabalhos da forma esperada. Muitas vezes para garantir que as pessoas façam o que precisa ser feito, o Gestor de Recursos Humanos deve assumir uma postura de proximidade, atuando como um prestador de serviços para as outras áreas, ou ainda como consultor interno, conselheiro, mas nunca assumindo sozinho a responsabilidade de executar as tarefas.

Três grandes desafios da área 

Mudanças ocorridas em diferentes áreas e segmentos acabam por impactar a atuação do RH, como exemplo podemos citar a mudança na legislação trabalhista que mesmo após meses de sua efetivação, anda gera dúvidas e polêmicas. Outro exemplo vem das inovações tecnológicas que têm impactado drasticamente a forma de pensar a gestão de pessoas. A seguir, apresentamos três grandes desafios que o RH deverá enfrentar nos próximos anos.

  • Retenção de talentos: As organizações estão sendo demandadas a pensar em novas e diferentes estratégias de retenção de talentos. É importante destacar que existem muitas vagas de emprego a serem preenchidas. No entanto, falta profissionais com as competências e habilidades necessárias para assumirem essas vagas. Por isso, deve-se pensar em diferentes estratégias para encontrar e manter os talentos na empresa. Para isso, a área de RH deve elaborar ações que contemplem o treinamento e o desenvolvimento dos trabalhadores. Por exemplo, a criação de um ambiente de trabalho positivo, formação de lideranças, políticas de benefícios, programas de valorização, incentivo para o trabalho em equipe etc.
  • Gestão da diversidade: Mais do que nunca, as empresas necessitam da diversidade para a geração de ideias. Além disso, precisam de inovação e melhorias para a construção de diferenciais competitivos. Quando nos referimos à gestão da diversidade, além das questões de gênero, idade, deficiência, regionalidade, devemos também considerar as diferenças de personalidades. Sendo assim, as diferentes opiniões, estilos comportamentais etc. No entanto, lidar com a diversidade não é um trabalho simples. É preciso que o RH elabore campanhas de conscientização sobre o assunto. Com isso, elevar o grau de responsabilidade de cada indivíduo, promovendo o amadurecimento de todos sobre o assunto.
  • Inserção de tecnologias: Os avanços tecnológicos têm impactado fortemente o mundo corporativo e a forma como o RH vem atuando. Atualmente fala-se muito no uso da Inteligência Artificial (IA). A IA é uma poderosa ferramenta estratégica para as ações de Recrutamento, Seleção, Avaliação de Desempenho, Mapeamento de Perfil, Comunicação Interna, entre outras. Definitivamente a área de RH deve se apropriar das tecnologias sem perder de vista o fator humano. As tecnologias de inteligência artificial vão atuar no sentido de processar uma grande quantidade de dados e gerar informações para a tomada de decisões. Isso não substitui a atuação humana, mas permite uma atuação mais estratégica ao profissional de RH. Ou seja, ele pode investir seu tempo e energia naquilo que realmente vai agregar valor para a organização.

Curso gestão de Recursos Humanos a distância na Unicesumar

O curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da EAD Unicesumar possui como objetivo geral formar profissionais que levem, por meio de seus conhecimentos, habilidades e atitudes a uma visão sistêmica e competitiva. Assim, estará apto para lidar com o capital humano nas organizações. Além disso, tem o compromisso de formar profissionais competentes, com habilidade para planejar, gerenciar e implementar projetos de recursos humanos em organizações nos diferentes segmentos econômicos. Para isso, utiliza-se de ferramentas e técnicas envolvidas no processo de gestão de pessoas e no ambiente organizacional.

Mercado de trabalho e campo de atuação

O profissional diplomado pelo CST em Gestão de Recursos Humanos da Unicesumar poderá atuar em qualquer segmento, com  indústria, comércio ou serviço nos diversos setores econômicos. Pode realizar atividades de planejamento de políticas de pessoal, com ênfase na previsão, movimentação, motivação e retenção de pessoas; legislação trabalhista, avaliação e gerenciamento do desempenho humano; capacitação e desenvolvimento de competências; programas de incentivo, como plano de cargos, salários e carreiras; ética, responsabilidade social e sustentabilidade nos negócios; gestão estratégica de equipes e organizações.

O profissional de Recursos Humanos possui um amplo mercado de trabalho. Este profissional pode atuar em organizações públicas e privadas de pequeno, médio e grande porte. Conheça algumas áreas de atuação:

  • Consultoria de recursos humanos;
  • Gestão de recrutamento e seleção;
  • Assistência de departamento de pessoal;
  • Supervisão ou análise de cargos, salários e carreiras;
  • Análise de treinamento e capacitação;
  • Análise de recursos humanos;
  • Gerência ou direção de recursos humanos.

O coordenador do curso de Gestão de Recursos Humanos Unicesumar, professor Luciano Santana Pereira, afirma que “a gestão de pessoas tem se mostrado como uma área estratégica e de grande importância para as organizações. Sendo assim, garantindo a gestão da diversidade, criatividade, inovação, sustentabilidade e sucesso no desenvolvimento e aplicação de estratégias competitivas”. O professor ainda comenta sobre a necessidade crescente por colaboradores motivados e aptos a desenvolver suas atividades de forma produtiva e rentável. Isso tem levado as empresas a repensarem seus processos de gerenciamento, captação, retenção e valorização de seus talentos na organização.

Ser RH é, acima de tudo, gostar de gente! Parabéns a todos os profissionais de Recursos Humanos.

Seja um profissional de Recursos Humanos!

Conheça o curso na modalidade a distância no site da Unicesumar.

 

Comentários

Comentários