Pensando em trabalhar com Educação Física escolar? Esta matéria, que está presente em todas as etapas do Ensino Básico, tem um papel importante não só para a saúde, mas também na formação intelectual e no desenvolvimento moral dos alunos.

Mas nem sempre os professores sabem como criar atividades para crianças e adolescentes que vão além dos esportes. É preciso incluir nas aulas diferentes práticas corporais, como danças, jogos e brincadeiras, sempre ressaltando o respeito.

Mas como fazer isso? Qual a melhor forma de atingir esses objetivos propostos pela disciplina? Confira as dicas a seguir e leia também sobre a importância da Educação Física escolar e as principais tendências de ensino.

Educação física escolar

 

Qual o impacto da Educação Física escolar no desenvolvimento dos alunos?

Não é por acaso que os professores devem fazer um curso de Educação Física para serem capazes de trabalhar com crianças e jovens. Isso porque a disciplina contribui significativamente para o desenvolvimento deles de diferentes formas.

Uma delas é a saúde. As práticas esportivas, os exercícios corporais, as danças e brincadeiras diminuem o risco de doenças, favorecem o desenvolvimento motor e lembram da importância de ter hábitos saudáveis.

Ainda, as aulas de Educação Física também são importantes para a integração social, melhora da autoestima, conhecimento sobre o corpo, reduz o estresse e ansiedade etc.

Tudo isso é possível graças às atividades que promovem saúde, convivência e interação entre os alunos.

Entretanto, vale apontar que esses benefícios só são vistos quando o respeito ao outro e às diferenças faz parte das atividades. Do contrário, as aulas podem fazer os jovens se sentirem inseguros com o próprio corpo ou por terem dificuldades em algum esporte, por exemplo.

5 dicas para os professores de Educação Física

Como qualquer profissão, os professores enfrentam diversos desafios durante as atividades de Educação Física escolar. A boa notícia é que algumas dicas podem colaborar com as aulas e ajudar você a se tornar um ótimo educador. 

1. Investigue o interesse dos alunos

Para que as crianças e jovens se engajem nas aulas de Educação Física, é essencial que se sintam interessados pelas atividades criadas pelo professor. Sendo assim, logo no começo no ano converse com eles para tentar descobrir o que eles gostam de fazer, se gostam de esportes, danças, brincadeiras etc.

Assim, você pode entender quais são os principais interesses dos alunos e como eles enxergam as aulas. Além disso, nenhum professor quer trabalhar com uma turma desmotivada, não é mesmo?

2. Seja um bom exemplo

A Educação Física escolar está diretamente ligada às questões de saúde. Tanto que muitos professores aproveitam para falar sobre esses assuntos durante as aulas. Porém, de nada adianta fazer um bom discurso sobre alimentação e outros hábitos saudáveis se eles não estiverem presentes no seu dia a dia. Afinal, você deve servir de inspiração para os alunos.

3. Combata o bullying

Embora o bullying não seja um problema apenas nas aulas de Educação Física, os professores têm que lidar com ele quase todos os dias.

Além de fazer os jovens perderem o gosto pelas atividades físicas, causa danos emocionais bastante graves. Dessa forma, um bom professor deve estar atento a isso.

Por isso, saiba que as aulas inclusivas são ótimas maneiras de promover o respeito entre os alunos e evitar práticas discriminatórias.

4. Planeje as aulas

Infelizmente, é comum ver a Educação Física escolar sendo vista como uma disciplina menos importante do que as outras, como Português, Matemática, História, Ciências, entre outras. Mas não deixe isso desanimar você. Mostre, por meio de planos de aulas bem feitos e fundamentados, que essa aula deve ser levada a sério.

Educação Física escolar - integração

 

5. Estude sempre

Durante a licenciatura e mesmo depois de concluir o curso, os estudos devem fazem parte da sua rotina. Explore temas da área, sobre ensino e não deixe também de ficar por dentro dos assuntos mais relevantes do momento. Como professor, é comum que a turma faça todo tipo de pergunta e é sempre melhor estar pronto para respondê-las.

Ainda, é fundamental  acompanhar os principais debates sobre educação e das tendências relacionadas à Educação Física escolar – como as que serão apresentadas a seguir. Isso ajudará você a exercer o seu trabalho de educador com ainda mais qualidade.

Quais são as novas tendências na Educação Física escolar?

Metodologias ativas

Você já ouviu falar em metodologias ativas? Este é um modelo de ensino que coloca o aluno no centro do processo de aprendizagem. Assim, considera que o aluno aprende de maneira autônoma, participando das aulas. Ou seja, o professor não é mais o dono do conhecimento.

Além disso, as metodologias ativas favorecem o aprendizado, por baseá-lo em situações reais. Isso significa que os alunos são desafiados a encontrar as soluções para os problemas reais que são debatidos nas aulas. O modelo também trabalha a colaboração entre todos por meio da realização de projetos em grupo.

Democratização das aulas

Apesar de ainda não serem parte da realidade de diversas escolas, as aulas precisam ser democráticas. Mas o que isso quer dizer? Isso significa que passou do tempo de, por exemplo, as aulas serem divididas entre meninos e meninas, privilegiar os alunos mais habilidosos e práticas do tipo.

Muita coisa mudou para melhor na Educação Física escolar nas últimas décadas. Os esportes coletivos são praticados em equipes mistas, há uma preocupação com a inclusão de alunos portadores de deficiências e um incentivo à cooperação e não mais à competição.

Dimensão lúdica e cultural

Outra tendência é a introdução de atividades divertidas nas aulas. Além dos esportes, os professores têm trabalhado as danças, brincadeiras, lutas e adaptações dos esportes tradicionais.

Educação Física escolar: um campo muito importante

Ao exercer um trabalho de qualidade em Educação Física escolar, os professores são capazes de impactar não apenas a formação intelectual de crianças e adolescentes mas também o bem-estar deles.

Com base em conhecimentos da área e por meio da aplicação das principais tendências de ensino, é possível mostrar aos alunos e a toda comunidade escolar o quanto a disciplina é fundamental para o desenvolvimento de todos.

Quer ser o melhor professor para os seus alunos? Conheça o curso de licenciatura em Educação Física da Unicesumar EAD!

 

Educação Física escolar - CTA2

Comentários

Comentários