Veja por que estudar inglês vai ajudar você na faculdade

Você já deve ter ouvido falar que o mundo está cada vez mais conectado. Tanto o sucesso profissional quanto acadêmico dependem da sua proficiência em mais idiomas que apenas o nativo. Por isso, estudar inglês é um requisito tão em alta hoje em dia.

Conhecer o idioma mais falado no mundo vai permitir que você tenha uma experiência mais enriquecedora em todos os momento da faculdade.

Quer saber mais sobre os benefícios que um universitário tem ao estudar inglês? Então siga com a gente!

cta2

A importância do inglês para a vida acadêmica

Além de ser um diferencial intelectual, estudar inglês e dominá-lo é algo que engrandece seu currículo. Não à toa, é falado por uma em cada cinco pessoas no mundo inteiro.

Justamente por isso, muitos profissionais buscam uma qualificação de qualidade no idioma, principalmente de forma online, pois pode trazer muito mais benefícios.

No entanto, não é apenas sua vida profissional que tem a ganhar com domínio do inglês.

Uma carreira acadêmica bem consolidada passa por desafios que exigem fluência em outras línguas por parte do aluno. Portanto, desde o estudante novato até mesmo ao acadêmico mais experiente podem se beneficiar de terem o verbo “to be” na manga.

São várias as etapas da faculdade em que você pode se encontrar necessitando do domínio em inglês. De pequenas expressões, tão comuns em áreas como a Engenharia, até trabalhos inteiros cujas fontes você encontra apenas em inglês.

Por entender essa importância, nós resolvemos explicá-la um pouco mais. Está em dúvida sobre estudar inglês ou não antes da sua faculdade? É só continuar lendo nosso artigo que você descobrirá a resposta.

5 porquês que explicam como estudar inglês vai ajudar na sua faculdade

1# Amplia suas fontes de pesquisas

Com a modernização dos cursos, que cada vez mais se tornam digitais e feitos a distância, nem sempre sua fonte de estudo estará na biblioteca da faculdade ou mesmo em sites brasileiros.

Mas então, como fica seu trabalho? A quem recorrer?

Para quem vai estudar inglês, a resposta está na ponta da língua: procurar fontes estrangeiras.

Com fluência, você fica livre para pesquisar quais temas quiser. Visto que os artigos e trabalhos mais importantes do mundo são escritos (ou traduzidos) para publicações em inglês.

Estudar inglês é fundamental para conseguir um intercâmbio

2# Pode ser o empurrão necessário para você embarcar naquele intercâmbio dos sonhos

Pouco mais de 30 mil brasileiros estudam no exterior.

Graças aos convênios que faculdades brasileiras mantêm, é possível se inscrever em um programa de intercâmbio e ampliar seus conhecimentos em universidades de várias partes do mundo. Mas para realizar esse sonho é preciso cumprir alguns requisitos antes de preparar a mala e correr para o check-in.

O inglês é uma exigência da maioria desses programas (principalmente naqueles cujo país de destino o tem como idioma nativa).

Um intercâmbio acadêmico é uma revolução para seu saber. Estudar inglês é estar um passo à frente de embarcar nessa experiência.

3# Escreva suas teses para acadêmicos de todo o mundo

Estudar inglês é só ler? Não, caro universitário. Ao aprender inglês, você também vai escrever!

Na faculdade, esse passo é parte do processo. Durante sua graduação, você terá que produzir artigos e papers variados, realizando pesquisas profundas para destrinchar, defender ou se opor aos temas propostos. A vantagem de dominar o inglês é que você tem a chance de se expressar academicamente em outro idioma.

Além de ser um grande diferencial para seu currículo profissional, pois comprova sua assertividade na área, é também essencial caso você queira ser publicado em revistas acadêmicas estrangeiras.

A importância desse detalhe é que, ao contrário das brasileiras, publicações estrangeiras (principalmente americanas e inglesas) são muito conceituadas no meio.

Ou seja, se caso você for publicado, será um acadêmico muito mais reconhecido, respeitado e com maiores chances de ingressar em mestrados ou doutorados.

4# Networking com outros estudantes

Para os que vão estudar inglês, estabelecer networking com pessoas de todo mundo é muito mais fácil.

Na faculdade, isso significa que além de colegas de curso, você pode conhecer instituições, universidades, professores e publicações de renome.

Em alguns casos, você pode até aproveitar cursos de graça nas faculdades mais reconhecidas do mundo.E a única coisa que várias delas elas exigem é o domínio do inglês.

Com o poder da comunicação, você potencializa sua capacidade de estabelecer conexões com o resto do mundo acadêmico.

Isso pode garantir mais acesso a fontes ou mesmo iniciar conversas sobre temas importantes para sua carreira. Assim, você recebe insights de qualidade de quem possui experiências diferentes da sua. Ou seja, muito mais oportunidades de aprendizado!

5# Alô, mercado de trabalho!

E é claro que quem está pensando em estudar inglês está pensando em mercado de trabalho.

Ter um segundo idioma é tão importante que pode ser motivo de um salário 50% maior que o normal.

Isso acontece justamente pela característica fluida do inglês, que permite ser aprendido por quase todas as pessoas.

Portanto, não é de se impressionar por vê-lo tão presente no mercado de trabalho — e, pelos mesmos motivos, na área acadêmica.

Além de acompanhá-lo durante a faculdade, o inglês fará parte de toda sua vida profissional, seja na tecnologia com a qual você lida ou com a metodologia que irá trabalhar.

 

E aí, que tal começar agora? It’s easy!

A gente dá o caminho, olha só: no Universo EAD, a plataforma exclusiva da Unicesumar, você encontra diversos cursos de idiomas.

Todos eles em módulos personalizados, que conversam totalmente com sua necessidade. Confira!

cta1

Comentários

Comentários

Deixe o seu comentário

Recomendado para você