Muitas vezes, quando pensamos no segmento jurídico, imaginamos o trabalho dos advogados, como audiências, redação de medidas legais e consultoria. No entanto, existem outras maneiras de atuar no setor, incluindo o cargo de gerente jurídico.

Esse profissional cria as condições ideais para os advogados exercerem suas funções. Afinal, para funcionarem bem, escritórios e departamentos jurídicos precisam de conhecimentos de administração: rotinas, gestão financeira, marketing, comunicação etc.

Neste conteúdo, mostramos essa opção de carreira para quem busca novas opções e oportunidades na área jurídica. Não deixe de conferir!

Qual é o papel do gerente jurídico?

O gerente jurídico é o responsável pela parte administrativa dos escritórios e departamentos. Logo, é quem organiza os recursos financeiros, tecnológicos e materiais, bem como as rotinas dessas organizações, deixando os advogados livres para realizarem suas atividades técnicas.

Além disso, o secretariado, os auxiliares e demais colaboradores da parte administrativa são liderados por esse gestor. Enquanto os advogados lidam com a estratégia processual e demandas legais, o gerente atua para fazer a operação acontecer.

Para isso, o profissional está a frente de uma série de processos, que serão realizados pela equipe administrativa do escritório ou departamento:

  • gestão das finanças;
  • marketing e comunicação;
  • controle de estoque;
  • rotinas administrativas;
  • armazenamento e gestão de documentos;
  • coleta de indicadores de desempenho.

Cada vez mais, o conhecimento em gestão é buscado para se ter eficiência e agilidade no setor jurídico. São atividades que estão nos bastidores do serviço jurídico, mas que fazem a diferença para o resultado dos escritórios e departamentos.

Qual é o perfil do gerente jurídico?

Os cargos de gestão são recomendados para quem tem um perfil generalista. Em vez de focar em uma área e se especializar ao máximo, o generalista conhece bem os fundamentos de várias áreas, tendo uma visão mais voltada para o conjunto.

É importante ser responsável com o trabalho. Para dar um suporte eficaz aos advogados, o gestor jurídico precisa ter atenção às exigências e aos prazos. Afinal, será preciso atender a requisitos previstos em lei, atos do Poder Público e decisões judiciais.

O gestor também deve saber combinar bem as habilidades técnicas com as comportamentais, como comunicação, liderança, trabalho em equipe e inteligência emocional. Essa combinação é importante para se adaptar a diferentes situações e trabalhar com pessoas. Logo, você deve aproveitar o tempo de faculdade para desenvolver, respectivamente, as soft skills e hard skills.

Quais são as possibilidades para o crescimento de carreira do gerente jurídico?

O crescimento na carreira jurídica geralmente segue uma entre duas direções. É possível desenvolver um perfil mais técnico ou mais administrativo. No setor privado, o primeiro é seguido pelos advogados e analistas com especialidade jurídica, enquanto o segundo pelos gestores e analistas com especialidade administrativa.

Para chegar até gerente jurídico, é preciso demonstrar competência em cargos de assistente administrativo, secretariado e gestor jurídico, até alcançar a posição de gerência. Os nomes dos cargos podem variar entre empresas, mas existe uma lógica. Você começa na execução das rotinas, passa a liderar uma equipe e, por fim, assume a liderança da parte administrativa.

A gerência de departamento ou escritório não se confunde com a direção jurídica. Isto é, quem coordena a estratégia de todos os advogados nos processos, audiência e medidas legais será um profissional com registro na Ordem dos Advogados do Brasil. Porém, para cuidar da parte administrativa do departamento é possível contar com um gestor.

Quais são os conhecimentos necessários para ser gerente jurídico?

O gerente jurídico é um profissional que, embora esteja ligado às áreas de atuação em Administração, atua em um departamento ou escritório jurídico. Por isso, ele precisa estudar diversas disciplinas legais, como Direito Constitucional, Direito Civil e Processo Civil.

Esse conhecimento ajuda a entender quais são as necessidades do trabalho no Direito. Afinal, o gerente jurídico precisa criar serviços para os advogados, analistas jurídicos e demais profissionais que vão atuar nessa área.

Hoje em dia, existe uma graduação que promove a integração entre os conhecimentos jurídicos e administrativos: o curso de Serviços Jurídicos e Notariais EAD. É a formação mais aderente às necessidades das carreiras de gestão no Direito. Veja alguns exemplos do que você aprende nessa faculdade:

  • Teoria do Direito;
  • Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Equipes;
  • Direito Constitucional;
  • Conceitos da Administração e Ética Empresarial;
  • Gestão da Informação;
  • Fundamentos de Direito Civil;
  • Fundamentos de Direito Empresarial e Societário;
  • Formas Consensuais de Solução de Conflitos;
  • Rotinas Jurídicas e Administrativas;
  • Compliance;
  • Processo Eletrônico.

Assim como os cursos de gestão EAD, a graduação em Serviços Jurídicos e Notarias é um tecnólogo com 2,5 anos de duração. Esse tipo de graduação superior é mais focado em uma carreira específica e permite ingressar rapidamente no mercado de trabalho.

Qual é a média salarial do gerente jurídico?

Todas as etapas na carreira de gerente jurídico apresentam bons salários e oportunidades de trabalho. O cargo inicial, geralmente de assistente jurídico, pode ganhar até R$ 2.490,00, um analista administrativo alcança até R$ 3.500,00 e o gerente jurídico chega até R$ 17.143,00, considerando as médias salariais.

O curso de Serviços Jurídicos e Notariais EAD é uma boa escolha para crescer nessa carreira profissional. Como você consegue ingressar mais rapidamente no mercado de trabalho, é possível usar os bons salários para buscar especializações e continuar os estudos.

Além disso, a combinação entre os conhecimentos de Administração e Direito vai ao encontro das tendências do setor jurídico. Os escritórios e departamentos são cada vez mais cobrados por eficiência, agilidade e impacto de suas ações nos resultados de pessoas e organizações.

Por isso, a procura por profissionais com conhecimento em gestão é uma alternativa para melhorar a produtividade da área. Logo, se você se interessa pela carreira de gerente jurídico, os Serviços Jurídicos e Notariais vão atender às suas necessidades de capacitação e ajudar a se destacar no mercado de trabalho.

Aqui na EAD UniCesumar, você pode fazer o curso em uma instituição com conceito 5 do MEC e avaliada como a melhor educação a distância do país. Entre em contato com nossa equipe e conheça a graduação em Serviços Jurídicos e Notariais!

Comentários

Comentários