Quando você ouve a palavra Teologia, que vem a cabeça? Um tipo de estudo ao qual apenas religiosos se dedicam? Você imagina que Teologia é uma ciência restrita à padres, pastores ou líderes religiosos?

Nada disso!  A Teologia é a ciência que desafia a inteligência, que mexe com a emoção e a razão, estimula o pensar crítico gerando riqueza espiritual. E uma graduação na área pode gerar muitas possibilidades além de pregar em uma missa ou culto.

Venha com a gente para descobrir mais sobre o curso de Teologia e o mercado de trabalho!

cta6

Origem

As religiões moldaram a história da humanidade, guiaram (e ainda guiam) as relações entre povos por milhares de anos. Ainda que você não se considere religioso, os diferentes tipos de fé interferem no jeito como você interpreta o comportamento de um amigo, épocas e motivos para reunir família para comemorar uma data específica como o Natal, por exemplo.

Bom, a Teologia como conceito tem origem na Antiga Grécia, porém teve seu método e conteúdo moldados pelo Cristianismo, de acordo com a Enciclopédia Britânica.

Por isso, ainda que possamos traduzir a Teologia como a ciência que explica como cada pessoa entende e acredita em sua fé, a normatização que ela adquiriu ao longo dos séculos através das crenças cristãs torna difícil a aplicação dela enquanto método para outras religiões – como Hinduísmo ou Budismo.

Entretanto, a Teologia trata de estudo das várias vertentes do Cristianismo como catolicismo, protestantismo, fé neopentecostal etc.

Vários caminhos na formação em Teologia

O curso está voltado para a formação de líderes religiosos, mas também à formação de pessoas interessadas no saber teológico com fins de pesquisa e que buscam uma compreensão aberta e integradora da vida humana e da ação igreja-sociedade.

Por ser esta ciência tão abrangente, existem as mais diversas linhas de ensino nos cursos de Teologia. Alguns cursos de bacharelado em Teologia oferecem visão cristã protestante, voltada para a formação teórica e prática de líderes religiosos e ministeriais. Outros, ofertam um curso com as bases de alguma congregação religiosa do catolicismo. E ainda há versões voltadas para a área mais filosófica.

O objetivo deste tipo de formação – como é oferecida pela Unicesumar – é despertar nos futuros teólogos uma vida espiritual comprometida com o saber bíblico-teológico. Ela capacita profissionais para que atuem com a evangelização, em pastorais, pesquisas e no diálogo da Igreja com a sociedade.

Outros cursos ainda apresentam a Teologia com visão voltada para promover a formação do teólogo com uma ampla reflexão ética e antropológica. Isso proporciona condições para que os estudantes trabalhem com os conceitos teológicos utilizando metodologia científica e o estudo da fé cristã, em diálogo com as demais expressões religiosas e com a cultura humana como um todo.

A leitura e a interpretação de obras religiosas é muito presente no curso de Teologia

Características de um teólogo

Bom, se a Teologia estuda religiões, a pessoa que vai estudar esse campo precisa ser extremamente religiosa, quase santa, certo? Não necessariamente. O profissional da Teologia não precisa ter uma religião definida, a não ser que deseje seguir uma carreira de pastor numa determinada doutrina.

O teólogo pode ser até ateu ou agnóstico. Várias pessoas com essa crença seguem na área de pesquisa, cruzando religião e ciência em suas rotinas.

Porém, uma vez que você se dispõe a estudar Teologia, deve pesar o quão receptivo e aberto a ouvir o outro você é. Isso porque umas das características mais importantes para um teólogo é a capacidade de respeitar. Assim como um médico não pode julgar as escolhas do paciente, o profissional da Teologia não pode julgar a fé do outro.

Outra qualidade fundamental para um teólogo, segundo o Papa Francisco, é a capacidade de se comunicar bem, interpretar a realidade e ajustar os conhecimentos religiosos ao mundo atual, de modo que seja útil à quem busca respostas espirituais.

Gostar de leitura e estudar textos sagrados antigos, cheios de linguagem simbólica e aberta à interpretação, também é determinante para o estudante de Teologia. Essa é uma das partes mais fascinantes do curso: descobrir várias coisas novas e importantes para entender o comportamento humano!

Teologia e Ciências da Religião são diferentes

De acordo com o Guia do Estudante, a Teologia está voltada para o estudo da fé, mas sempre de uma religião específica. Já Ciências da Religião estudam o fenômeno religioso na matriz indígena, africana e afro-brasileira, oriental, semita (ou ocidental), não religiosa e sua relação com as diferentes ciências, como Filosofia, Antropologia etc.

Áreas de atuação

As áreas de atuação para um bacharel em Teologia são muitas e nem sempre estão ligadas a trabalhos em igrejas. Confira que tipo de trabalho um teólogo pode desenvolver:

  1. Liderança eclesiástica e ministerial, trabalhando com evangelização em igrejas, pastorais e ministérios;
  2. Agências missionárias ou humanitárias: missões humanitárias no Brasil e em outros países recrutam teólogos para oferecer suporte espiritual a pessoas em situação de risco social;
  3. Capelania hospitalar, empresarial, escolar, militar, prisional, esportiva e em plataformas marítimas: diversas empresas empregam esses profissionais para dar apoio e aumentar a eficiência das equipes. A Petrobras, por exemplo, contrata pessoas formadas em Teologia para dar suporte às equipes das plataformas marítimas;
  4. Editoras, na produção de revistas e livros voltados para a religião: a graduação em Teologia também pode te levar ao mercado editorial. Livros que tratam de temas religiosos estão na fatia que engloba metade das obras que foram publicadas no Brasil em 2016, segundo o Painel das Vendas de Livros no Brasil;
  5. Docência ou pesquisa no Ensino Teológico: lecionar o Ensino Fundamental, Médio ou Superior também é outro caminho para quem escolhe esta áreas das Humanidades. O teólogo ainda pode atuar em projetos educacionais de Organizações Não Governamentais (ONGs) e centros religiosos;
  6. Pesquisa: O profissional de Teologia pode fazer pesquisas históricas, estudando as tradições religiosas ou interpretando doutrinas, textos sagrados e dogmas religiosos. Pode fazer também análise e interpretação da influência que a religião exerce sobre determinado grupo social.

 

Viu só quantas oportunidades uma graduação em Teologia pode criar para sua carreira?

Passe aqui e descubra como funciona o curso de Teologia que a Unicesumar oferece na modalidade EAD.

cta4

Comentários

Comentários