Como encontrar vagas de emprego no LinkedIn

O LinkedIn é a principal rede social profissional do mundo, com 560 milhões de usuários em 200 países. No Brasil, são mais de 36 milhões de perfis. Além de servir para manter contatos profissionais e fazer networking, também é uma ferramenta para encontrar empregos.

A própria plataforma conta com serviços de anúncios de vagas. Em um clique, você já se candidata e aguarda a resposta do recrutador. Para conseguir a entrevista e a contratação, entretanto, é preciso saber se destacar.

A seguir, trazemos algumas dicas para usar o LinkedIn e conseguir uma nova vaga de emprego. Confira!

LinkedIn - CTA2

Como aumentar as chances de conseguir emprego pelo LinkedIn

1. Complete o seu perfil da forma adequada

Se a intenção é encontrar uma posição com a ajuda da rede social, não é interessante deixar o seu perfil com campos a serem preenchidos. Em uma analogia, é o mesmo que enviar o currículo impresso com seções em branco. Na prática, isso pode até descartar a sua participação no processo seletivo. Então, deixe o seu perfil completo. Informe a sua formação, como os cursos livres e a graduação. Como é possível indicar o período de entrada e de saída, mesmo quem estiver estudando pode incluir esses dados.

Adicione, também, as suas experiências profissionais. Além de apontar o local, especifique quais foram as suas responsabilidades e os resultados obtidos. Em seguida, apresente conhecimentos e habilidades, como idiomas, programas e outros recursos. Os seus contatos poderão recomendá-lo por essas características, então escolha com cuidado.

2. Crie um título atraente para a sua posição no LinkedIn

Um dos grandes benefícios dessa rede social é que os recrutadores podem fazer pesquisas por meio de diversos fatores. Além de habilidades ou locais específicos, também procuram por pessoas capazes de ocupar certos cargos. Para que as vagas cheguem até você, é preciso preencher corretamente as informações no seu “título”.

Estando na graduação, não coloque apenas “estudante”. Se estiver desempregado, não se limite a “profissional em busca de recolocação”. Em vez disso, inclua a posição (ou as posições) que deseja ou que já exerceu. Assim, seu perfil aparecerá facilmente nas pesquisas. Vale, até mesmo, pensar em palavras-chave mais procuradas na sua área. Com o uso dos termos principais, você receberá destaque quando os recrutadores buscarem perfis.

3. Siga as empresas de interesse

Outro recurso do LinkedIn é a oportunidade de seguir negócios do seu ramo, que chamam sua atenção. Nos perfis empresariais, são publicadas novidades, informações relevantes e campanhas de todos os tipos. Esse é um jeito de se manter por dentro do que acontece na sua área. Durante uma possível entrevista, você estará atualizado sobre os assuntos e poderá demonstrar interesse.

Além disso, há a chance de interagir com as publicações. Curta, compartilhe e comente com conhecimentos relevantes. Pense “O que eu posso acrescentar a esta discussão?” e interaja. Nunca se sabe quando há um recrutador de olho.

Para completar, é um ótimo meio para ver novas vagas assim que elas são disponibilizadas. Desse jeito, você saberá quando o processo seletivo está aberto e quais são as melhores possibilidades.

4. Fique de olho nas vagas recebidas por e-mail

Periodicamente, a rede social ainda realiza o envio de novas posições que se encaixam em seu perfil por e-mail. A plataforma faz um “apanhado” das principais oportunidades na sua área e na sua região, de modo que você possa se candidatar.

Antes de apertar o botão para se disponibilizar para a vaga, confira os requisitos. Veja se tem as qualificações necessárias, como o período certo na faculdade para quem vai fazer estágio.

Verifique a exigência de outros conhecimentos ou de experiência e confirme se você se encaixa nas exigências. Em caso afirmativo, envie o seu perfil para análise e torça para ser chamado.

LinkedIn empregos

5. Trabalhe o seu networking

Quem tem contatos, tem tudo. E tem melhor lugar para unir internet e networking que a rede social profissional mais famosa do mundo? Com o seu perfil, surge a chance de criar conexões valiosas e que fazem toda a diferença na sua carreira. Portanto, mãos à obra e comece a trabalhar sua rede de relacionamentos.

Busque estudantes da sua faculdade ou pessoas que você já conhece de eventos e atividades, por exemplo. Conforme for apresentado a outros professores, alunos e profissionais, envie uma solicitação. Apenas tente evitar a tentação de adicionar sem propósito, já que isso não é networking de verdade.

Com uma boa rede de contatos, você poderá se candidatar a vagas que, muitas vezes, não são abertas a todos. Além disso, tem a chance de receber indicações para certos negócios, o que favorece a busca por um bom emprego.

6. Use o LinkedIn Search Jobs

Além da rede completa, você pode encontrar oportunidades de forma muito fácil com o LinkedIn Search Jobs. Esse é um aplicativo à parte, mas que funciona integrado ao seu perfil na plataforma. Basta fazer o download do app e começar o uso após a instalação. Nele, é possível filtrar as vagas por perfil profissional, local de interesse e até por empresas. É uma forma de fisgar uma oportunidade na empresa dos seus sonhos!

Com um algoritmo bem treinado, ele ainda oferece posições baseadas no histórico de pesquisas. Assim, tem a chance de acompanhar o que tem de melhor na sua área — e com a candidatura a apenas alguns toques de distância.

7. Tenha cuidado com o comportamento na rede

Em um mundo cada vez mais conectado, você já deve saber que os recrutadores estão de olho nas redes sociais. Uma foto que posta ou um texto que escreve ou compartilha pode tirá-lo da disputa por uma vaga. No LinkedIn, isso é especialmente intenso. Já que essa é uma rede profissional, é importante manter a “etiqueta virtual”. Ou seja, evite temas polêmicos e que não se relacionem com a sua atividade. Deixe para comentar o futebol, a novela ou até a política em outros ambientes. Nesse espaço, opte por se manter profissional e demonstrar as melhores características.

E isso vale, também, na interação com as suas conexões e demais usuários. Evite discussões acaloradas e as ofensas, que estão fora de questão. Dessa maneira, não há o risco de se prejudicar à toa.

LinkedIn: uma plataforma benéfica para sua carreira

Encontrar vagas no LinkedIn é mais fácil do que parece. Com essas orientações, você poderá usar as funcionalidades da melhor forma. Assim, será simples conquistar um novo emprego.

Como também há oportunidades e dicas em outras redes, aproveite para acompanhar a Unicesumar EAD no Facebook e no Instagram!

LinkedIn - CTA1

Comentários

Comentários

Deixe o seu comentário

Recomendado para você