O que vem a sua mente quando você pensa em Engenharia Civil? A construção de edifícios, casas e grandes obras públicas, como ponte e túneis? Saiba que é uma associação muito comum!

O engenheiro civil atua nessas obras, mas o seu trabalho vai muito além disso! Esse profissional também é responsável por obras de saneamento, de portos e aeroportos, entre outras construções.

Curioso para conhecer o curso de Engenharia Civil e o mercado de trabalho?

Continue lendo para saber o que faz esse profissional, como é a graduação, quais áreas o engenheiro civil pode atuar e como a tecnologia afetou o trabalho na área.

Venha com a gente!

Engenharia Civil - cta2

 

O que faz um engenheiro civil?

O engenheiro civil é o profissional responsável por todo tipo de obra civil. Isto é, as estruturas essenciais para que uma sociedade funcione.

E quais estruturas são essas? Casas, edifícios, rodovias, aeroportos, sistemas de saneamento, hidrelétricas, ferrovias, entre outras construções necessárias para melhorar a infraestrutura das cidades.

Mas como é o dia a dia do engenheiro? Só vou ter que aparecer no canteiro para supervisionar a obra?

Nada disso! Esse profissional desempenha muitas outras funções.

O engenheiro civil é capaz de se envolver em todas as etapas e atuar como planejador, administrador, técnico e executor de obras.

Como é o curso de Engenharia Civil?

A graduação em Engenharia Civil tem duração média de 5 anos e você pode cursá-la na metodologia presencial ou híbrida. Assim como os demais cursos da área, a graduação em Engenharia Civil é dividida em duas partes.

Nos anos iniciais, você vai aprender muito sobre matemática e física — áreas essenciais ao trabalho do engenheiro civil. Sem uma base forte, erros podem ser cometidos e colocar em risco a segurança de muitas pessoas.

Confira algumas matérias que vão formar essa base para seguir com os estudos na faculdade e exercer a profissão futuramente:

  • Geometria Analítica e Álgebra Linear;
  • Cálculo Diferencial e Integral;
  • Física Geral e Experimental;
  • Química Geral, Inorgânica e Experimental;
  • Ciências do Ambiente e dos Materiais;
  • Programação e Cálculo Numérico;
  • Estatística e Probabilidade.

Nos anos finais da graduação, você vai mergulhar nas disciplinas específicas de Engenharia Civil. Além disso, vai ter o apoio de tecnologias da educação para potencializar seu aprendizado.

É nessa fase que você vai aprender sobre projetos, estruturas, materiais, hidráulica, topografia, entre outros tópicos fundamentais.

Curioso para conhecer as matérias dessa etapa?

Dá uma olhada:

  • Materiais da Indústria da Construção;
  • Mecânica e Resistência dos Materiais;
  • Fenômenos de Transporte;
  • Tecnologias de Construção;
  • Topografia;
  • Projeto Arquitetônico;
  • Geologia e Mecânica dos Solos;
  • Teoria das Estruturas;
  • Hidráulica;
  • Hidrologia e Drenagem Urbana;
  • Fundações e Obras de Terra;
  • Saneamento Básico;
  • Estruturas de Concreto, de Aço e de Madeira;
  • Instalações Prediais;
  • Planejamento, Orçamento e Gestão de Projetos;
  • Pontes e Estruturas Especiais;
  • Manutenção e Patologia das Edificações;
  • Estradas e Rodovias.

Você tem espírito empreendedor e deseja abrir um negócio próprio na área?

Sem problemas! O curso de Engenharia Civil também prepara você para isso.

Confira as disciplinas que vão ajudar você a atuar como empreendedor e lidar com equipes em empresas de diferentes portes:

  • Conceitos da Administração e Ética Empresarial;
  • Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Equipes;
  • Empreendedorismo;
  • Comunicação Empresarial e Negociação.

Tem estágio?

Sim! Você também deve fazer um estágio supervisionado obrigatório para conhecer o cotidiano do profissional e adquirir mais conhecimento na área.

Um profissional da Engenharia Civil tem de se preparar para as oportunidades do mercado

Em quais áreas o engenheiro civil pode atuar?

O campo de atuação desse profissional é vasto. Isso acontece porque as edificações e obras de infraestrutura são essenciais para o funcionamento da sociedade.

Sem construções que proporcionam mobilidade, conforto e segurança, dificilmente temos desenvolvimento econômico e social.

É por isso que engenheiros geralmente escolhem atuar somente em uma área: são muitas opções de ramos de atuação. Existem profissionais especializados em saneamento, aeroportos, rodovias, recursos hídricos, entre outros campos.

Dá uma olhada nos principais ramos da Engenharia Civil e nos tipos de obras realizadas:

  • Construção: casas, edifícios residenciais e comerciais, estádios e ginásios esportivos.
  • Transportes: construção de rodovias, ferrovias, hidrovias, metrô, aeroportos, portos, pontes, viadutos, túneis etc.
  • Saneamento: abastecimento de água, coleta e tratamento do esgoto sanitário, drenagem pluvial e tratamento de resíduos sólidos.
  • Recursos Hídricos: reservatórios de água, redes de irrigação, usinas hidrelétricas, barragens, sistemas de prevenção de enchentes etc.

Mas quanto ganha um engenheiro civil?

A remuneração média desse profissional no Brasil é de R$ 7.334,46. No entanto, esse valor pode aumentar substancialmente de acordo com o tipo de empresa (privada ou pública), da região de trabalho, da área de atuação e da função realizada.

Como a tecnologia afetou o trabalho do engenheiro civil?

As inovações tecnológicas estão transformando a Engenharia Civil: as técnicas, materiais e ferramentas utilizadas pelo profissional estão em constante evolução. Vamos ver alguns exemplos?

A impressão 3D já está sendo usada em alguns países para a construção de residências. Essa tecnologia gera diversos benefícios, como maior rapidez na construção, mais segurança ao trabalhador e eliminação do desperdício de recursos e materiais no canteiro de obras.

Os sensores vestíveis geram mais segurança aos profissionais que atuam no canteiro de obras. Os que são incluídos em capacetes emitem um aviso quando há algum impacto. Já o relógio de pulso visam evitar a exaustão térmica dos profissionais.

Já os drones fazem avaliações, mapeamentos, monitoramento e inspeções de canteiros de obras em locais congestionados ou remotos.

Esses são só alguns exemplos!

Novas tecnologias, materiais e ferramentas surgem constantemente, como o bioconcreto capaz de regenerar rachaduras, o concreto inflável e as construções a prova de furacão.

Engenharia Civil na metodologia híbrida

E o que tudo isso significa para você?

É preciso buscar uma formação alinhada às demandas do futuro e investir em educação continuada ao longo da carreira. Isso vai fazer a diferença na sua vida profissional!

Optar por cursar Engenharia Civil com a Metodologia Híbrida é uma ótima opção para ficar por dentro das novidades do ramo.

A Metodologia Híbrida permite que você use o melhor que as metodologias ativas oferecem para potencializar seu aprendizado. Além disso, você vai ter acesso a laboratórios, materiais didáticos exclusivos e tutores que auxiliam nos estudos.

Agora que você já sabe tudo sobre o curso de Engenharia Civil e sobre o mercado de trabalho da área, que tal conhecer a graduação oferecida pela Unicesumar?

 

Engenharia Civil - cta1

Comentários

Comentários