Unicesumar
Unicesumar

Diretoria de Pesquisa

RECOMENDE:

PIBIC / PIBITI Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

O PIBIC e o PIBITI integram as bolsas de iniciação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação mantidas pelo CNPq, Fundação Araucária, ICETI e UNICESUMAR.
Desde 2001, a UniCesumar vem investindo nessa atividade, quando criou o Programa de Bolsas de Iniciação Científica da UniCesumar (PROBIC), mantido com recursos próprios. Em 2005, o Governo do Estado do Paraná concedeu à UniCesumar, por meio da Fundação Araucária, recursos financeiros para bolsas de iniciação científica. Em 2006, recursos federais incrementaram essa atividade com a concessão de bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e, em 2010, a concessão de bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação.

Calendário PIBIC / PIBITI

Envio de Projetos
Vigência Prazo
Agosto/2018 a Julho/2019 Até 20/maio/2018

 

Envio de Relatório Final
Vigência Prazo
Agosto/2017 a Julho/2018 De 01 a 30/agosto/2018
Agosto/2018 a Julho/2019 De 01 a 30/agosto/2019

chamada-IX-MostraInternaDeTrabalhos

Perguntas Frequentes

A iniciação científica é um instrumento de formação que permite introduzir na pesquisa científica os estudantes de graduação, colocando-os desde cedo em contato direto com a atividade científica e engajando-os neste processo.

É um estímulo à formação da mentalidade científica na prática concreta, mediante a participação no desenvolvimento de uma investigação que tem início, meio e fim e cujos resultados são atingidos pelo aluno em função da execução de um plano de trabalho.

Em síntese, a iniciação científica pode ser definida como um instrumento de formação de recursos humanos qualificados.

  • Estimular a pesquisa na graduação
  • Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa;
  • Contribuir para a formação científica de recursos humanos que se dedicarão a qualquer atividade profissional, e;
  • Contribuir para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pós-graduação stricto sensu.

A aprendizagem de técnicas e métodos científicos e o estímulo ao desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das atividades de pesquisa, contribuem para que VOCÊ tenha uma formação acadêmica mais completa.

Um dos frutos mais notáveis dessa formação é o crescimento intelectual dos integrantes das atividades de pesquisa, diferenciando-os daqueles que somente vivenciam o ensino na Instituição.

As perspectivas individuais assumem um novo sentido. O crescimento constante vinculado a um trabalho científico, que proporciona uma diversidade de conhecimentos, permite interligar fatos, acontecimentos, visões de mundo, modificando a vivência pessoal e a consciência social, contribuindo em uma formação crítica e profissional.

  • Oportunidade de integração às diferentes dimensões do conhecimento, bem como aprendizado da metodologia da pesquisa científica;
  • Contribuição para o aprendizado do conteúdo das disciplinas do curso de graduação a serem estudadas;
  • Preparação para a pós-graduação, tornando-se um candidato diferenciado dos demais;
  • Oportunidade de redução do tempo médio para obtenção da titulação de mestre e doutor;
  • Possibilidade de atuar em diferentes áreas do conhecimento;
  • Auxílio na escolha da profissão futura, ampliando as oportunidades de ingresso na atividade profissional, uma vez que possibilita uma visão mais ampla do mercado de trabalho;

O PIBIC – Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação Científica é um programa voltado para VOCÊS, acadêmicos dos cursos de graduação da instituição, com o objetivo de introduzi-lo nas atividades de pesquisa, viabilizando sua formação integral e proporcionando o domínio do método científico e do aprendizado de técnicas específicas de investigação.

A iniciação científica é um instrumento básico de formação, ao passo que a bolsa de iniciação científica é um incentivo individual que se operacionaliza como estratégia de financiamento à pesquisa. Pode-se considerar a bolsa de iniciação científica como um instrumento abrangente de fomento à formação de recursos humanos.

Assim, objetivando incentivar a pesquisa acadêmica, a UniCesumar oferta anualmente, por meio de Edital, bolsas de iniciação científica, por um período de 12 (doze) meses. Além da bolsa, os benefícios concedidos aos integrantes do PIC são também estendidos aos do PIBIC:

  • Retirada de até 5 (cinco) bibliografias da Biblioteca da UniCesumar por um período de 30 (trinta) dias;
  • Certificado de Participação no Programa, para acadêmicos e orientadores, após a conclusão do projeto;
  • Aproveitamento das horas dedicadas ao projeto como atividade complementar.
  • 1º Leia atentamente o edital disponível na página da Diretoria de Pesquisa;
  • 2º Procure um professor (orientador) que atue na área de seu interesse para orientá-lo;
  • 3º Defina com o orientador o assunto a ser pesquisado;
  • 4º Caso ainda não tenha feito o Curso para Elaboração de Projeto ofertado pela instituição, faça sua inscrição;
  • 5º Elabore o projeto de iniciação científica, no formulário específico do PIBIC e envie para seu orientador, para que o mesmo possa analisar, fazer sugestões necessárias (se for caso) e enviá-lo por meio do SESP (Sistema Eletrônico de Submissão de Projetos) na data constante do edital;

Neste caso, você deverá entrar em contato com o coordenador de seu curso, para que o mesmo possa verificar quais orientadores estão disponíveis para que o procure e providenciem a elaboração do projeto para envio.

Não, ele pode ser de outro curso, desde que seja da área em que deseja executar a pesquisa, com conhecimento e capacitação para orientá-lo.

Sim. Todos os alunos podem participar, mas se você é do último ano, então deverá realizar o projeto juntamente com um colega colaborador desde o início do projeto e que não seja do último ano do curso, para que o mesmo possa substituí-lo a partir de janeiro do ano seguinte.

Sim, aliás, deve, pois a instituição não publica artigos da casa.

A Diretoria de Pesquisa promove e realiza anualmente o evento de avaliação dos programas de iniciação científica, que são intercalados entre a Mostra Interna de Trabalhos e o EPCC – Encontro Internacional de Produção Científica. Todos os bolsistas do PIBIC, OBRIGATORIAMENTE, devem apresentar os resultados de seus trabalhos nesses eventos.

Primeira possibilidade:

Verificar se enviou o Termo de Compromisso dentro do prazo estabelecido. Caso não tenha, a bolsa não é paga retroativamente.

Segunda possibilidade:

Confirmar o nº de conta informada na Diretoria de Pesquisa, pois pode ter ocorrido falta de algum número.

Terceira possibilidade:

Confirmar se sua conta corrente não está bloqueada ou desativada. Se estiver, entrar em contato com o Banco e regularizar sua situação. Em seguida, informar à Diretoria de Pesquisa para realização de pagamento.

Sim pode, desde que devidamente justificado e com o aval do mesmo passando a orientação para outro professor.

A alteração deve ser solicitada à Diretoria de Pesquisa, por meio de formulário específico disponível na página

O CAPEC é composto pelo Diretor de Pesquisa e por docentes representantes de cada grande área do conhecimento.

As Funções do CAPEC são:

  • Acompanhar e avaliar os Programas de Iniciação Científica, visando ao cumprimento dos objetivos e diretrizes fixados à verificação do desempenho de orientadores e acadêmicos;
  • Acompanhar e avaliar os projetos de iniciação científica, bem como a participação de seus integrantes;
  • Apreciar os trabalhos produzidos pelos acadêmicos, prestes a publicações, e manifestar-se sobre eles;
  • Fazer o processo de seleção de bolsa, quando houver;
  • Resolver casos omissos.