O ensino presencial meio que nos obriga a prestar mais atenção, não é mesmo? Sentados em uma sala de aula com outros estudantes é natural focarmos mais nos professores — mantendo o silêncio durante as explicações e interagindo de forma positiva, sempre que possível. Mas e quanto a estudar EAD?

Uma vez que você está totalmente no comando da sua rotina, é normal ceder às tentações ao estudar em casa, como um dia de preguiça, o pessoal da família que chama para ver alguma série, o cachorro ou gato de estimação que pede atenção, as milhares de notificações do celular…

O problema é que ceder a tudo isso faz com que seu foco vá embora rapidinho e os estudos e o aprendizado ficam comprometidos. Ao acumular aulas para assistir e exercícios para fazer, você não vai ter a mesma dedicação de quando tinha menos tarefas, concorda?

Por isso, para que você mande bem ao estudar EAD e tenha um ótimo rendimento, vamos às dicas!

Organize sua rotina para estudar EAD

Ao estudar em casa, a melhor coisa é ter uma rotina de horários bem definida. Por exemplo, se você trabalha, pode acordar uma hora mais cedo e fazer parte do seu estudo. Também é possível usar o horário do almoço para alguns exercícios e aulas práticas.

No fim do expediente, você toma um café e termina o dia de estudos. Perceba que, dessa maneira, ainda terá um período da noite livre, seja para ler, ficar com a família ou fazer algo que lhe traga um pouco de lazer. Por outro lado, algumas atitudes de quem estuda EAD devem ser evitadas, como postergar as atividades acadêmicas ou ficar nas redes sociais enquanto ouve as aulas.

Evite o acúmulo de matérias

Se você deixar várias aulas para serem vistas depois e empurrar os trabalhos acadêmicos e exercícios, chegará um momento em que se sentirá sobrecarregado e não vai saber nem por onde começar.

Por isso, se por algum motivo você não conseguir estudar em um dia, reorganize sua semana, de modo que não acumule as atividades. É legal usar também algum momento do final de semana, afinal, é bem melhor comprometer algumas horinhas da folga do que se ver perdido mais tarde.

Não fique com dúvidas

Em uma aula presencial, bastou surgir a dúvida que é só levantar a mão para que o professor a esclareça — ou dá para trocar até mesmo uma ideia com o colega do lado. Ao estudar EAD, no entanto, a premissa deve ser bem parecida.

Bateu o questionamento? Pause a aula e procure saná-la, seja pesquisando on-line, escrevendo no fórum de discussão, falando com o monitor ou enviando um e-mail diretamente ao professor. O problema de acumular dúvidas é que você compromete a compreensão do todo da matéria, então, não tenha vergonha de perguntar!

Estude em um local silencioso

Estudar EAD vira um problema real quando a sua casa é mais barulhenta, com a televisão ligada, o irmão mais novo ouvindo música e a família chamando a todo momento.

Nesses casos, estabeleça um cantinho do silêncio na sua casa. Pode ser seu quarto, um cômodo mais isolado etc. Assim, toda vez que estiver neste local, já deixe combinado com o pessoal que você precisa de silêncio para estudar, combinado?

Aprofunde seus conhecimentos

Isso vale para qualquer curso que for fazer. Não fique apenas nas aulas e exercícios. Aproveite para fazer as leituras complementares, assistir a filmes que falem do assunto, participar de debates, entre outros.

As aulas não são o fim da sua aprendizagem, elas devem instigar você sempre a buscar mais, porque, não importa a área que está estudando, as atualizações são sempre necessárias.

Coloque em prática os conceitos estudados

Vamos supor que você esteja fazendo um curso de Administração e já faça um estágio na área. Enquanto estuda a disciplina de Logística, é possível colocar em prática alguns dos conceitos, como boas práticas de fazer entregas e de organizar os estoques da empresa.

Vale, inclusive, montar um plano de ação e sugeri-lo aos seus supervisores e líderes. Essa é uma atitude proativa que pode ajudar em oportunidades de trabalho mais à frente ou mesmo conquistar uma promoção.

Agora, caso ainda não trabalhe, você pode pensar em uma marca ou empresa conhecida e montar um projeto para ela. Também é uma forma interessante de se inserir no mercado de trabalho da sua região.

Tenha um caderno de resumos

A cada nova matéria estudada, vá fazendo anotações e resumindo os conceitos. Divida um caderno por matérias e temas para ficar mais organizado.

Essa prática é ótima para que você vá aprendendo com mais facilidade. Muitas pessoas absorvem melhor as coisas quando escrevem, enquanto outras são mais visuais — nesse caso, use e abuse dos mapas mentais e grave as aulas no celular a fim de revisar mais tarde.

Revise o conteúdo

Vai ter prova ou algum trabalho final da matéria? Hora de revisar. Por isso, é superimportante ter materiais de consulta para os quais seja possível sempre recorrer. Além disso, você pode assistir de novo às aulas, de maneira a deixar o conteúdo “fresco” na sua mente.

Use fóruns e mantenha contato com professores

Trocar ideias sempre será um excelente jeito de otimizar seus estudos. Por isso, participe dos fóruns, seja com opiniões, dúvidas ou novas contribuições. Também é interessante manter o contato com os professores, tanto por redes sociais, como o LinkedIn, quanto por e-mails. Essa prática funciona também como um networking para o futuro!

Fazer uma graduação a distância tem o mesmo peso de uma presencial — isso é fato. E o aprendizado é o mesmo, desde que você se dedique a ele, sem ficar enrolando e deixando tudo para depois. Um diploma de Ensino Superior é importantíssimo para sua carreira e os estudos são o começo para você se tornar um grande profissional. Moral da história: ao estudar EAD, tire o máximo de proveito de cada aula!

Agora que você já viu todas as dicas para estudar EAD e já sabe como melhorar a perfomance, temos mais uma dica. Veja como encontrar o horário que torna seus estudos mais proveitosos!

Comentários

Comentários