Está procurando uma graduação para cursar e percebeu que muitas instituições de ensino adoram colocar a nota do Enade destacada em algum lugar da página do curso? Afinal, esse conceito faz alguma diferença na hora de escolher uma graduação?

Bom, o Conceito Enade, como é chamado oficialmente esse indicador pelo Ministério da Educação (MEC), é um dos indicadores usados para avaliar a qualidade dos cursos de graduação oferecidos no Brasil.

Venha com a gente e entenda por que a nota do Enade é uma informação valiosa para você!

O que é o Conceito Enade?

Na definição mais detalhada do próprio Inep, o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, o Enade, é uma das avaliações que compõem o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) desde 2004.

O Conceito Enade é o resultado de uma prova feita por universitários que serve para avaliar e acompanhar o processo de aprendizagem e desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos previstos nas grades curriculares de cada curso de graduação.

O resultado destas provas feitas pelos estudantes gera a famosa nota do Enade: que vai de 1 a 5, sendo que 1 significa resultado não satisfatório e 5 é igual a satisfatório. A nota do Enade é calculada com a combinação de três avaliações: uma prova para estudantes que cursaram até 25% de uma graduação, uma prova para estudantes que já tenham cursado mais de 75% da faculdade e um questionário para alunos e coordenadores do curso.

cta6

Mas afinal, o que a nota do Enade revela?

Como a principal função desse exame é medir e monitorar o processo de aprendizagem e rendimento dos estudantes em cada curso, mais do que avaliar o desempenho individual de cada estudante, a nota do Enade reflete a qualidade da graduação de cada instituição de ensino superior credenciada pelo MEC.

É pela nota do Enade que você pode ter uma noção se os conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares das respectivas graduações são entregues de fato, se a faculdade cumpre as exigências do mercado de trabalho e se atende o nível mínimo de qualidade exigido pelo MEC.

A nota do Enade vale tanto para cursos presenciais, quanto para a educação a distância.

Ainda que os cursos de graduação, com nota do Enade 1 ou 2, não possam necessariamente ser considerados ruins, as faculdades que alcançam um resultado superior a 4 ou 5 passam a ser referência em ensino nas suas respectivas áreas.

Por isso é que a nota do Enade pode entrar na lista de fatores a serem considerados na hora de escolher em qual faculdade você vai ingressar, pois é por meio deste resultado que os calouros têm chance de verificar o quão conceituada é a instituição de ensino.

E aqui tratamos da construção de imagem: a nota do Enade vai falar muito sobre a reputação de uma instituição de ensino, que pode pesar na hora de entrar no mercado de trabalho.

Como descobrir a nota do Enade de cada curso

O Enade é realizado todo ano, mas nem todos os cursos são avaliados ao mesmo tempo.

O Inep e o MEC aplicam a prova anualmente, alternando entre três grandes áreas do conhecimento: Ciências da Saúde, Agrárias e áreas afins; Ciências Exatas, Licenciaturas e áreas afins; e, por fim, Ciências Sociais Aplicadas, Humanas e áreas afins. Essa divisão resulta em uma avaliação do mesmo curso a cada três anos.

A prova geralmente ocorre em novembro e os resultados são divulgados no site do Inep cerca de um ano depois da realização.

E, caso você seja chamado para a prova do Enade, não pode se recusar a fazer ou faltar sem motivo. De acordo com o Inep, a participação do estudante habilitado ao Enade é condição indispensável ao registro da regularidade no histórico escolar, assim como à expedição do diploma pela Instituição de Educação Superior.

As inscrições são feitas pelos coordenadores dos cursos, mas desde 2017 é de responsabilidade do participante preencher algumas informações pessoais e solicitar, caso necessário, atendimento especializado e/ou específico. Só são dispensados da prova estudantes que não estejam no Brasil ou que apresentem justificativa de falta, como atestado de saúde.

E, caso você futuramente seja selecionado para fazer a prova, prepare-se! Lembre que fazer a prova de má vontade pode gerar um resultado ruim, que lá na frente pode ter impacto negativo na sua própria carreira.

Então dedique-se e dê seu melhor, porque a nota do Enade vai pesar na sua carreira!

Um dos fatores examinados pelos empregadores é a nota do Enade da graduação cursada pelos candidatos

Que diferença a nota do Enade faz na minha carreira?

A nota do Enade da instituição em que você estudou funciona como uma espécie de aval. É a certificação do MEC de que você recebeu uma formação de qualidade. Esse resultado pode servir de critério para recrutadores na hora de contratar um profissional, especialmente quando for necessário decidir entre candidatos com perfis muito semelhantes.   

Há também empresas que concedem bolsas de graduação aos seus funcionários.

No entanto, muitas organizações consideram a nota do Enade como parâmetro para manutenção dos subsídios: ou seja, se você vacilar e escolher um curso de uma instituição sem tradição, que não evoluiu ao longo das avaliações de ensino do Inep, pode deixar passar a oportunidade de ter uma bolsa de estudos ou subsídio.  

Outra situação em que a nota do Enade se torna relevante é para seleções de trainees. Como a legislação brasileira define como discriminação que empresas exijam que candidatos sejam alunos de uma instituição específica, muitas organizações passaram a selecionar seus trainees com base nos resultados do Enade. Sendo assim, uma das práticas permitida é incluir como exigência que o candidato à vaga de trainee venham de uma instituição com conceito acima de 3 no Enade.

 

Agora você já está por dentro de como a nota do Enade pode fazer a diferença na hora de escolher uma instituição de ensino.

Então conheça os cursos a distância da Unicesumar!

Vários deles já passaram por esta avaliação e têm boa nota do Enade.

cta5

Comentários

Comentários