Você se forma na graduação dos sonhos e inicia o emprego com um cargo de assistente. Depois, assume a função de analista, se torna supervisor e, após um tempo, é promovido à gerente. Bacana, concorda? Mas será que esse caminho é válido para todos? E como fica quem não tem um perfil de gestor ou líder? Para essas pessoas, há a possibilidade da carreira em Y.

É uma possibilidade que atrai muita gente por conta de seu foco no crescimento profissional de uma maneira diferenciada, valorizando as habilidades técnicas. Neste post, vamos apresentar as principais informações que você precisa saber sobre a carreira em Y. Confira!

O que é carreira em Y e como funciona?

A carreira em Y é usada pelas organizações para o desenvolvimento de funcionários. De modo geral, ela surgiu por conta de um antigo problema: a direção do trabalho sempre seguia um formato linear, em que os profissionais entravam em um cargo operacional, desempenhavam bem as funções e eram promovidos até se tornarem gestores.

O problema é que ela pode não combinar com o perfil de todos os colaboradores. Afinal, os indivíduos são diferentes e nem todo mundo tem aptidão para liderar equipes.

Por isso, a carreira em Y foi criada para atender às demandas do profissional de sucesso que queria crescer na empresa, ter uma boa remuneração e prestígio com um cargo de especialista em determinada área ou assunto.

Quais os objetivos desse modelo?

A carreira em Y está associada à competitividade e à inovação no ambiente organizacional, valorizando que os colaboradores trabalhem com o que gostam e da maneira que se sentem mais confortáveis.

Após avançar o cargo inicial da corporação, os funcionários optam por seguir o caminho rumo à administração ou desempenhar funções mais especializadas em sua área. Esse modelo afeta, principalmente, o profissional com um curso superior que, agora, pode se planejar para o aprendizado mesmo após a faculdade, procurando cursos de pós-graduação ou de extensão.

Para quem a carreira em Y é indicada?

A carreira em Y é ideal para quem está em busca de um caminho diferente do tradicional, principalmente para os profissionais que desejam ser especialistas e crescer na carreira, mas sem precisar assumir um cargo gerencial.

Assim, ela foge do modelo tradicional, em que os funcionários que desejavam avançar de cargo deveriam se tornar gestores. Além disso, existem algumas características dos profissionais que mostram que eles optaram por uma jornada em ascensão, mas sem focar na gestão de pessoas.

Elas são:

  • multidisciplinaridade;
  • solução de problemas;
  • conhecimento apurado.

Qual a diferença entre carreira em Y e em W?

A carreia em W permite mais flexibilidade de experiência dentro da empresa. Isso porque esse modelo possibilita aos profissionais atuar tanto na posição de liderança quanto na parte técnica.

Esse plano tem o objetivo de desenvolver talentos mais versáteis e aptos para atuar em várias demandas e áreas da organização. Quem segue uma trajetória em W costuma ser inovador, comunicativo e multidisciplinar, além de ter soft skills bem desenvolvidas.

Já a carreira em Y valoriza os profissionais de acordo com suas habilidades de destaque, oferecendo oportunidades que vão além dos cargos de gestão de pessoas e liderança. Assim, funcionários com grandes conhecimentos técnicos encontram mais oportunidades de desenvolvimento.

Além desses dois modelos, também é importante pesquisar o que é carreira em T, que se refere aos profissionais que apresentam um amplo conhecimento técnico e conceitual.

Quais as vantagens da carreira em Y para o colaborador?

A carreira em Y proporciona várias vantagens tanto para os colaboradores quanto para as empresas. Confira, abaixo, os benefícios para o trabalhador!

Desenvolvimento de competências

Como a carreira em Y valoriza o especialista, existe um grande incentivo ao desenvolvimento de habilidades e competências que conferem aos profissionais uma maior expertise em suas funções. Um dos exemplos é a preocupação com o engajamento em programas de educação e capacitação continuada.

Valorização das soft skills

É uma maneira de valorizar as suas habilidades relacionadas ao relacionamento interpessoal e ao comportamento. Enquanto algumas pessoas se destacam por serem boas líderes, outras preferem atuar concentradas e na resolução de problemas de projetos sem o gerenciamento de suas equipes.

Com a carreira em Y, as empresas consideram o seu perfil profissional e permitem que você use as potencialidades no ramo de interesse.

Quais as vantagens da carreira em Y para a empresa?

Agora, veja as vantagens da carreira em Y para as empresas!

Aumento da produtividade dos colaboradores

A especialização pode conferir um alto nível de excelência no trabalho dos profissionais e isso reflete nos resultados de todo o time que pode contar com seu apoio e serviços. Assim, com o auxílio de um talento especializado, as decisões são mais acertadas, o que acelera e confere muito mais eficiência aos processos.

Abertura para a inovação

A especialização, aliada ao engajamento em processos criativos, é uma oportunidade para a inovação nas organizações. Os serviços e produtos são desenvolvidos a partir de novas ideias. Logo, a empresa pode se tornar cada vez mais competitiva, trazendo melhores novidades para o mercado.

Quais são os exemplos de carreira em Y?

A seguir, você vai conhecer alguns exemplos de como funciona a carreira em Y. Confira!

Carreira em Y na tecnologia

Vamos imaginar que um desenvolvedor do time de TI esteja demostrando um ótimo empenho, com o desejo de avançar na empresa. No formato tradicional, ele só pode aspirar a posições como gerente de TI e supervisor de desenvolvimento.

Contudo, com a carreira em Y, existe um outro caminho: ser um especialista em desenvolvimento. Nesse cargo, os profissionais ficam mais próximos das funções de apoio e de consultoria à equipe de tecnologia.

Carreira em Y no Marketing

Os profissionais que trabalham como analistas de marketing digital, por exemplo, têm duas opções com a carreira em Y:

  • seguir o caminho de especialista;
  • seguir o caminho da gestão.

Dependendo dos objetivos e das competências do colaborador, ele pode planejar a carreira em uma dessas direções.

Agora que já sabe o que é carreira em Y e como esse modelo é a melhor opção para desenvolver uma trajetória que respeita seus interesses e seu perfil, comece a planejar a sua vida profissional! Opte por cursar uma graduação que atenda seus objetivos para o futuro.

Gostou deste post e quer ficar por dentro das nossas publicações? Então não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no LinkedIn, no YouTube, no Instagram, no Twitter e no Facebook!

Comentários

Comentários