Mesmo em tempos de crise, a confeitaria profissional n√£o para de crescer. Unindo sabor e beleza, quem trabalha na √°rea costuma ter um retorno bem positivo.

Gosta da √°rea de Gastronomia e tem interesse pela confeitaria?

Ent√£o siga com a gente neste conte√ļdo. Aqui, voc√™ vai descobrir:

  • o que √© confeitaria;
  • fun√ß√Ķes de um confeiteiro;
  • instrumentos indispens√°veis;
  • o que fazem os confeiteiros mundialmente renomados;
  • profissionais famosos para acompanhar;
  • mercado de trabalho na confeitaria;
  • a gradua√ß√£o certa para ter sucesso na √°rea;
  • especializa√ß√Ķes em confeitaria profissional.

Vamos l√°?

cta2 - confeitaria profissional

O que é confeitaria

Em um breve resumo, confeitaria é um ramo da Gastronomia focado no preparo, decoração e apresentação de pratos doces, como bolos, tortas, pudins e biscoitos. O estabelecimento comercial em que se vende ou fabrica esses tipos de alimentos também recebe o nome de confeitaria.

Quer ver um exemplo de confeitaria muito conhecida e de dar √°gua na boca?

A p√Ętisserie ‚ÄĒ a confeitaria francesa. Voc√™ provavelmente j√° viu ou experimentou algum¬†doce franc√™s famoso, como as √©clairs e os macarons.

Mas como a confeitaria surgiu?

Existem diversos registros de doces ao longo da história da humanidade. Um deles, por exemplo, foi realizado no império romano pelo filósofo Cícero, que descreveu algo doce que comeu na Sicília.

Por centenas de anos, o mel era o ingrediente usado para ado√ßar alimentos e o sabor doce estava mais presente nas bebidas. Com a chegada do a√ß√ļcar √† Europa e os h√°bitos dos banquetes, os avan√ßos no mundo dos doces aconteceram. A sobremesa foi inclu√≠da no card√°pio e novas receitas surgiram.

O a√ß√ļcar extra√≠do da beterraba tamb√©m colaborou com a populariza√ß√£o dos doces e deu origem √† ‚Äúcultura da fornalha‚ÄĚ. A partir desse momento, a qualidade e o sabor dos pratos doces tamb√©m passaram a ser considerados al√©m da apar√™ncia.

No Brasil, a confeitaria chegou com a corte portuguesa, que trouxe os hábitos europeus para os trópicos. As receitas não ficaram intocáveis e receberam ingredientes brasileiros devido à escassez de farinha e amêndoas, por exemplo.

https://www.youtube.com/watch?v=KLo2cA_zAF0

Fun√ß√Ķes de um confeiteiro profissional

Ser um confeiteiro exige, além de habilidade e técnica com as panelas, uma boa pitada de criatividade. Isso porque o profissional não é apenas responsável por reproduzir receitas, mas também por elaborá-las. Receitas exclusivas e com diferenciais são as marcas registradas de qualquer confeitaria profissional.

As receitas com as quais o confeiteiro profissional lida variam de acordo com o tipo de estabelecimento em que ele ou ela trabalha. Em geral, voc√™ ter√° que fazer doces ‚Äď bolos, tortas, docinhos de festa, p√£es especiais e afins. Essa √© uma √°rea que lida constantemente com eventos. Na gastronomia profissional, a apresenta√ß√£o do prato √© t√£o importante quanto o sabor.

O confeiteiro também será responsável por garantir que os produtos vendidos sejam feitos dentro de todas as normas de qualidade, segurança e higiene.

Isso inclui checar a validade dos ingredientes utilizados, certificar-se de que os doces oferecidos ao cliente estão sempre frescos e próprios para o consumo e fazer a manutenção constante da limpeza de seu local de trabalho.

√Č imprescind√≠vel pensar fora da caixa e ter ideias para adapta√ß√Ķes de receitas na confeitaria profissional. Lembre-se: uma parte fundamental do trabalho do confeiteiro √© ter a capacidade de criar receitas novas e ousar.

Confeitaria profissional - especializar

 

Instrumentos indispens√°veis para um confeiteiro

Assim como os demais profissionais de Gastronomia, o confeiteiro também conta com o auxílio de instrumentos que o permitem realizar sua mágica.

Confira quais são os utensílios que esse profissional utiliza para encantar clientes com seus pratos doces:

  • fornos potentes para assar a massa dos doces;
  • mesa de a√ßo inoxid√°vel para abrir e sovar massas;
  • batedeiras e mixers para misturar ingredientes e alcan√ßar a consist√™ncia certa;
  • formas de diferentes formatos e di√Ęmetros para montar os doces e bolos;
  • term√īmetro digital para receitas que exigem precis√£o de temperatura;
  • zester para ralar alimentos, como frutas c√≠tricas;
  • esp√°tulas de diferentes tamanhos e materiais;
  • facas de diferentes tamanhos, especialmente faca de p√£o;
  • balan√ßa digital para pesar ingredientes com precis√£o;
  • fouet para misturar ingredientes;
  • peneiras de diferentes tamanhos;
  • levantador de bolos;
  • sacos e bicos de confeitar;
  • colheres e x√≠caras medidoras;
  • tigelas de diferentes tamanhos.

Mas os utensílios essenciais não se restringem aos objetos!

Ter conhecimento de línguas estrangeiras é essencial para o confeiteiro.

O franc√™s, por exemplo, √© considerado a l√≠ngua tradicional da Gastronomia. Voc√™ vai se deparar com muitos termos franceses ao longo dos estudos no curso de confeitaria profissional e na sua carreira. N√£o se esque√ßa de que a confeitaria francesa (p√Ętisserie) √© refer√™ncia do ramo com seus doces visualmente espetaculares e saborosos.

Se você decidir seguir o caminho da confeitaria italiana (pasticceria), conhecer o idioma também vai fazer a diferença e abrir diversas portas de trabalho.

SAIBA MAIS: Quer ter um gostinho da faculdade de confeitaria? Então confira aulas de degustação gratuitas 

O que fazem os confeiteiros mundialmente renomados

Quando alcançam um alto nível na carreira, os confeiteiros renomados se dividem em diferentes projetos.

Muitos deles abrem uma confeitaria própria em que comercializam produtos de acordo com a sua especialização.

Existem profissionais que preferem trabalhar para estabelecimentos famosos, sendo o chef p√Ętissier de hot√©is e restaurantes de luxo.

Duas atividades são comuns aos confeiteiros consagrados: a docência e busca por especialização. Independentemente do seu nível atual, esses profissionais estão sempre em busca de conhecimento para melhorar sua arte. Eles também costumam atuar como professores de curso de confeitaria profissional (próprios, de universidades ou de escolas de Gastronomia).

Por fim, uma outra atividade ganha destaque cada vez mais: a participa√ß√£o em¬†reality shows de Gastronomia e/ou programas espec√≠ficos de confeitaria. Atualmente, n√£o faltam atra√ß√Ķes desse tipo: Que Seja Doce, Bake Off, MasterChef, Guerra dos Cupcakes, entre outros.

Para conhecer mais o trabalho de um confeiteiro conceituado, é preciso acompanhar sua carreira de perto.

Não deixe de ficar de olho no trabalho destes confeiteiros renomados para saber as novidades da área e sua rotina profissional.

Confeiteiros famosos para acompanhar

Agora que você já sabe o que fazem os confeiteiros famosos, que tal conhecer os trabalhos de alguns profissionais? Vamos lá!

Claire Heitzler

A francesa de 38 anos j√° foi chef p√Ętissier do restaurante Beige Alain Ducasse Tokyo, do Park Hyatt, em Dubai, e do refinado Lasserre, em Paris. Atualmente, trabalha na Ladur√©e, uma marca francesa fundada em 1862 que comercializa bolos e sobremesas.

Claire tem como desafio atualizar os doces da Ladur√©e para que fiquem em harmonia com os padr√Ķes de consumo. Eles devem ficar menos doces, mais frutados e leves. Tudo isso sem perder a qualidade, o sabor e apar√™ncia dos pratos.

Curioso para ver suas cria√ß√Ķes? Confira o seu¬†perfil no Instagram para se encantar com os bolos e sobremesas!

J√©r√īme de Oliveira

O francês de 32 anos foi o campeão mais jovem da Copa do Mundo da Confeitaria (2009). Antes de abrir sua boutique-salon de gourmandises, ele trabalhou com os renomados Sébastien Bouillet e Christophe Michalak.

O confeiteiro encanta seus clientes com suas cria√ß√Ķes doces, elegantes e com um toque l√ļdico. Al√©m disso, revisita cl√°ssicos e apresenta cria√ß√Ķes ousadas.

Bateu uma curiosidade? Acesse o¬†perfil do J√©r√īme no Instagram para conferir suas cria√ß√Ķes!

Rodolfo Bula Gonçalves

Não podemos deixar o Brasil de fora! Rodolfo Bula Gonçalves se tornou o confeiteiro queridinho de uma das áreas mais nobres de Manhattan, nos Estados Unidos.

Rodolfo era programador, trabalhava lavando pratos em restaurantes e entrou no mundo da confeitaria graças a um pão de mel que sua namorada fez. Como sobraram muitos, ele levou os pães para o restaurante onde trabalhava. As pessoas gostaram, os pedidos começaram a surgir e Rodolfo iniciou os trabalhos na área.  Em 2011, um bolo produzido por Rodolfo foi listado como um dos bolos mais bonitos da América, em um levantamento realizado pela revista Brides Magazine.

Atualmente, o brasileiro tem um café-confeitaria em Nova York e recebe clientes célebres, como Robert de Niro e Hugh Jackman. Confira o perfil do estabelecimento no Instagram para se encantar com os bolos, doces, cookies, tortas e outras delícias!

Confeitaria profissional - mercado

 

Mercado de trabalho para o confeiteiro profissional

Algumas op√ß√Ķes para quem trabalha na √°rea s√£o padarias, supermercados e as confeitarias propriamente ditas. O ramo de eventos demanda muita m√£o de obra. Principalmente em buffets infantis e outros estabelecimentos especializados na encomenda de bolos de anivers√°rio decorados. Para quem tem esp√≠rito empreendedor e uma carteira de clientes estabelecida, uma boa alternativa pode ser investir no pr√≥prio neg√≥cio.

Como em toda carreira, √© fundamental seguir um caminho formado por uma tr√≠ade: trabalho duro, especializa√ß√£o e networking. Conex√Ķes com outros profissionais cuja trajet√≥ria voc√™ admire e com os quais esteja disposto a promover trocas de conhecimento s√£o essenciais.

Esse foi o caminho adotado pelo chef Lucas Corazza. Desde os primeiros passos de sua carreira, o brasileiro decidiu que queria aprender com os melhores. Correu atrás de mestres como Bel Coelho, Henry Schaeffer, Alex Atalla e Sérgio Javier Torres.

O confeiteiro aprendeu muito com grandes nomes da gastronomia. Foi assim, estudando e trabalhando, que decidiu que gostaria de se especializar em p√Ętisserie. Com um objetivo em mente, Lucas embarcou para a Fran√ßa e matriculou-se na √Čcole National Superi√©re de la P√Ętisserie (ENSP), localizada na cidade de Yssinhgeaux.

Lá, descobriu que tinha habilidade para fazer trabalhos artísticos usando uma matéria-prima deliciosa: o chocolate. Acabou se especializando em fazer esculturas com o produto. Chegou a esculpir produtos utilizando mais de 40 kg de chocolate para grandes clientes.

Hoje, Lucas √© um dos maiores especialistas em esculturas de chocolate no Brasil. O paulistano tamb√©m possui uma legi√£o de seguidores nas redes sociais e a responsabilidade de ser jurado do programa ‚ÄúQue Seja Doce‚ÄĚ, transmitido pelo canal por assinatura GNT. Corazza tamb√©m atua como empres√°rio e professor do curso de gastronomia da Unicesumar.

A graduação certa para ser confeiteiro profissional

No Brasil, o melhor caminho para aspirantes a confeiteiro √© ingressar em uma faculdade de gastronomia. Em geral, o curso est√° dispon√≠vel como tecn√≥logo, modalidade de gradua√ß√£o voltada para o mercado de trabalho e com dura√ß√£o mais curta. Mas o formato ainda d√° ao egresso o direito de se candidatar a p√≥s-gradua√ß√Ķes, mestrados e doutorados assim como um aluno de bacharelado. No caso do tecn√≥logo em gastronomia, a dura√ß√£o m√©dia √© de dois anos.

A gradua√ß√£o abrange diversos espectros da gastronomia, entre eles, a confeitaria profissional. Al√©m disso, a matriz curricular oferece uma boa base de aulas te√≥ricas, no√ß√Ķes de empreendedorismo e instru√ß√Ķes sobre normas de seguran√ßa e higiene no ambiente de trabalho. Conhecer outros profissionais, futuros profissionais e professores da √°rea em sala de aula tamb√©m abrir√° portas para est√°gios e oportunidades de emprego.

Para quem n√£o disp√Ķe de muito tempo livre para cursar uma gradua√ß√£o presencial, o tecn√≥logo em gastronomia tamb√©m possui op√ß√Ķes EAD. Assim, voc√™ pode chegar mais perto da sonhada coloca√ß√£o como confeiteiro profissional com apenas alguns cliques.

Especializa√ß√Ķes em confeitaria profissional

Para quem j√° possui o diploma em gastronomia ou tem vasta experi√™ncia na √°rea e deseja se especializar em confeitaria profissional, algumas op√ß√Ķes s√£o os cursos livres, workshops e p√≥s-gradua√ß√Ķes.

Os cursos livres e workshops, em geral, dar√£o ao profissional apenas uma base sobre o tema. Para ser de fato um confeiteiro profissional, ser√£o necess√°rias mais algumas horas de trabalho e estudos paralelos. Entretanto, vale o investimento. Pode ser uma boa oportunidade para come√ßar e estabelecer rela√ß√Ķes valiosas de networking com professores e colegas de turma.

Quanto √†s p√≥s-gradua√ß√Ķes, v√°rias institui√ß√Ķes de ensino brasileiras oferecem especializa√ß√Ķes na √°rea de confeitaria profissional. Na maior parte das universidades do pa√≠s, o curso atende pelo nome de Confeitaria e Panifica√ß√£o. Existem algumas varia√ß√Ķes como Chef P√Ętissier.

Assim como no caso da gradua√ß√£o, as p√≥s-gradua√ß√Ķes em confeitaria profissional tamb√©m podem ser encontradas na modalidade de ensino a dist√Ęncia.

Tem interesse? Conheça agora o curso de gastronomia e aumente suas chances de conquistar o sonho de se tornar um grande confeiteiro profissional!

cta1 - confeitaria profissional

Coment√°rios

Coment√°rios