Como saber qual curso superior fazer? Esse é um dilema muito comum entre as pessoas que querem ingressar na faculdade, pois se trata de uma decisão que afetará diretamente a sua carreira profissional e também sua vida pessoal.

Felizmente, há diversas maneiras de tornar esse momento um pouco mais fácil. A primeira coisa a ser considerada é se autoquestionar: como descobrir as minhas habilidades? Saber mais sobre si mesmo, compreender o que gosta e tem facilidade de fazer são questões muito importantes para decidir o seu futuro.

Esse momento deve ser encarado com bastante ânimo e otimismo, pois você tem uma grande responsabilidade em suas mãos. Mas, se você é uma pessoa que chegou a esse período sem saber como agir e deseja entender como seguir em frente, este conteúdo foi feito especialmente para você.

Nele, reunimos dicas e informações incríveis que podem ajudá-lo a fazer uma autoavaliação a fim de descobrir as suas habilidades para um curso superior compatível. Pronto para começar? Então vamos lá!

Escolha uma grande área

As áreas do conhecimento são divididas em três tipos:

  • Ciências Exatas;
  • Ciências Humanas;
  • Ciências da Natureza.

Descobrir qual delas são mais atrativas para você é a melhor forma de tomar uma decisão sólida. Pesquise sobre cada uma e considere os seguintes fatores:

  • me interessa;
  • não me interessa tanto, mas seria possível encontrar algo relevante;
  • não cursaria de forma alguma.

Cada área contém uma infinidade de cursos. É possível que algumas chamem sua atenção e outras não, mas considerar uma área específica facilita o processo e ajuda na hora de escolher a graduação ideal.

Avalie os seus talentos e aptidões

Habilidades pessoais são a peça chave para descobrir qual é o curso superior mais compatível com seus objetivos e preferências. Mas na hora de fazer essa análise, é preciso ir além do gosto pessoal. Para isso, considere aquilo que você curte fazer, as suas características positivas e também as negativas. Dessa forma, invista principalmente em seus pontos fortes.

Em geral, as habilidades pessoais batem com as nossas preferências, mas nem sempre é assim. Nesse momento, a recomendação é pensar se realmente vale mais a pena se dedicar a um curso no qual você não tenha tanta facilidade e prazer em seguir uma carreira. Afinal, habilidades podem ser adquiridas com o tempo, e você se dedicará à formação escolhida durante muitas horas do dia.

Pesquise as tendências de mercado

Acompanhar as tendências e as novidades do mercado é uma maneira de descobrir as profissões que estarão em evidência. Os cenários do país e do mundo estão em transformação, pois surgem novas demandas de consumo, novas descobertas, novos dispositivos eletrônicos e novas tecnologias constantemente.

Para ficar ciente de tudo, visite sites especializados e acompanhe conteúdos audiovisuais na internet para conhecer quais são as habilidades do futuro.

Converse com profissionais

Saber a opinião de quem atua na área na qual você pretende seguir é essencial para levantar alguns detalhes importantes sobre sua rotina profissional e corporativa. Veja algumas sugestões para coletar dados relevantes:

  • converse com alunos e ex-alunos do curso que você pretende escolher, pois eles farão um paralelo entre os conteúdos ensinados na faculdade e a realidade da profissão;
  • fale com pessoas conhecidas para tirar dúvidas e descobrir os pontos positivos e negativos de suas profissões;
  • se possível, entre em contato com empresas para agendar um dia para acompanhar a rotina dos profissionais que estão no mercado de trabalho.

O segredo está em consultar tanto aqueles que estão no início da carreira quanto os que já são consolidados, pois essa comparação fornece uma perspectiva mais ampla e diferenciada. Assim, você reunirá informações importantes para a sua decisão, garantindo uma escolha mais consciente e compatível com as características do seu perfil profissional.

Aqui, vale reforçar que nesse momento decisivo é necessário escutar apenas o seu interior, apesar de questões externas também serem importantes. Portanto, não hesite em ouvir sua intuição sem interferência de informações, opiniões e palpites.

Muitas pessoas em sua vida desejam o melhor para sua carreira profissional, mas é você quem terá de lidar com essa escolha e encarar as consequências. Por isso, considere as sugestões de quem quer o seu bem, mas não deixe de praticar a sua intuição.

Faça testes vocacionais

Uma boa ferramenta para favorecer o autoconhecimento e beneficia a tomada decisão sobre o melhor curso de graduação é o teste vocacional. Existe uma grande variedade de testes gratuitos na internet. Basta acessar sites confiáveis para fazer uma avaliação mais eficiente.

Uma alternativa é buscar auxílio de pessoas especializadas no assunto, como professores que dão aula de carreira profissional. Eles podem dar a orientação necessária para a realização do seu teste. Além disso, eles podem montar questionários decisivos e reflexivos, bem como sugerir exercícios teóricos que ajudarão na escolha do curso ideal.

Verifique se a instituição é reconhecida pelo MEC

No portal do MEC é possível filtrar o nível de ensino de todas as universidades do Brasil, garantindo que você veja se os cursos oferecidos são autorizados e reconhecidos. O órgão analisa diversos aspectos das instituições com o objetivo de acompanhar a qualidade educacional do país.

As análises são feitas pelo Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que avalia os conhecimentos dos alunos durante o período de graduação, pelo Conceito Preliminar de Curso (CPC), que mostra a qualidade dos cursos e, por fim, pelo Índice Geral de Cursos (IGC), que valida a qualidade da universidade como um todo.

Com o auxílio dos levantamentos realizados, as faculdades são avaliadas por meio de notas que variam entre 1 a 5, sendo que a pontuação ideal deve ser igual ou acima de 3. Então não deixe de verificar o status das instituições de ensino superior, optando pela mais bem avaliada.

Avalie o conteúdo programático

Essa dica não tem a ver com a descoberta de habilidades, que corresponde ao tema deste artigo, mas também é muito importante para tomar sua decisão. Até porque cada universidade oferece um conteúdo programado diferente, oferecendo matérias que podem ser interessantes ou não para você.

Portanto, não deixe de conferir as disciplinas ministradas para saber se elas são compatíveis com objetivos, necessidades e práticas do curso que você pretende investir.

E então, entendeu como descobrir as suas habilidades para saber qual curso seguir na sua vida acadêmica? Com o apoio das recomendações mencionadas, você tem grandes chances de fazer uma escolha mais consciente e satisfatória. Assim, a sua caminhada para ser um profissional de sucesso começará mais firme.

Fique por dentro das novidades da EAD UniCesumar, curta agora mesmo a nossa página no Facebook!

Comentários

Comentários