Vida de universitário: 6 dicas para aproveitar esse momento

Existem dois tipos de pessoas: os que acham que vida de universitário é fácil demais e aqueles que a categorizam como a etapa mais complicada da carreira. O que eles não consideram, nesse caso, é que a experiência é diferente para cada estudante –– e, muitas vezes, são veredictos que vêm que quem nunca pisou em uma faculdade.

Mas mesmo os alunos que levam anos para conquistar o diploma e custam para se formar concordam com uma coisa: essa é uma fase única na jornada de uma pessoa. Acima de tudo, é no ensino superior que você aprende as principais técnicas da profissão, além das habilidades comportamentais esperadas pelo mercado. Dá até para mudar de vida com um diploma em mãos.

O bom é que dá para aproveitar a vida de universitário mesmo na modalidade EAD. E é sobre isso que vamos falar neste post. Portanto, confira as dicas para ter boas experiências e otimizar sua rotina como estudante!

Como aproveitar a vida universitária?

As sugestões que vamos listar a partir de agora nem sempre vão consumir muito do seu tempo. Então, já pode ficar tranquilo, pois são atividades que você pode buscar desde o início do semestre no primeiro ano de graduação. Quer ver só? Acompanhe com a gente!

1. Participe dos eventos

As instituições de ensino de qualidade sempre promovem eventos para seus alunos, tanto em seu espaço físico quanto no virtual. Desde feiras de carreira, palestras e workshops a webinars e talks nas redes sociais, são oportunidades únicas de potencializar o que você aprende em sala de aula e conhecer as referências da sua área.

2. Dê início a seu networking

A rede de contatos é muito importante na vida de um profissional. Quando ele troca experiências com pessoas tanto de sua área quanto de outras, consegue alguns bons insights para se desenvolver na carreira. Também pode conquistar indicações para vagas de emprego e até uma carta de recomendação, feita por alguém que confia em seu trabalho.

Durante a vida de universitário EAD, você terá contato com seus colegas nos fóruns de discussão das disciplinas. Aproveite para tirar suas dúvidas com eles, compartilhar inseguranças e conselhos, interagindo da forma que puder. Também invista no bom relacionamento com professores e tutores.

3. Faça boas amizades

Muito além de contatos profissionais, seus colegas podem se tornar amigos que você pode levar para a vida toda. Amizades formadas na graduação são uma dose extra de motivação para concluir mais essa etapa de sua vida e conquistar as melhores oportunidades na carreira.

5. Seja monitor

Existem técnicas de estudo bem usadas por quem se prepara para o Enem ou vestibular: elas consistem em dar aulas para si mesmo. Já se deparou com algumas delas? Pois bem, a monitoria caminha nesse sentido –– você só troca a audiência do espelho para colegas de turma ou outros estudantes.

Essa prática é muito válida principalmente para quem deseja seguir carreira acadêmica e se tornar professor. Sendo monitor, você desenvolve suas habilidades na didática, coleta feedbacks antes de chegar ao mercado de trabalho e dá os primeiros passos rumo à docência. Isso sem falar no peso que isso oferece ao seu currículo.

5. Invista nos estágios

Sabemos que, muitas vezes, conquistar o primeiro emprego é complicado. Afinal, as empresas pedem uma experiência que o estudante ou recém-formado não teve a chance de obter. É aí que o estágio entra. Você pode aprender com os colaboradores, com as rotinas corporativas e as tendências da área.

Os estágios são um caso à parte, em que não indicamos a busca logo no começo do curso. Isso porque o ideal é tomar contato com as disciplinas básicas da graduação até para aproveitar melhor essa experiência nas empresas.

6. Faça intercâmbio

A experiência internacional é incentivada até pelas instituições de ensino para que os estudantes. Entre as vantagens do intercâmbio, podemos citar o contato com diferentes culturas, aprendizado de idiomas, ganho pessoais com amadurecimento e, principalmente, para lidar com as adversidades e se virar bem sozinho.

Como viver essas experiências sem comprometer os estudos?

Muitos estudantes temem essas vivências fora das aulas por pensarem que elas não se encaixam em sua rotina. Isso acontece principalmente com quem já conquistou uma oportunidade no mercado e precisa conciliar os estudos com o trabalho. Mas existem algumas dicas para não deixar o curso prejudicado por conta disso. Veja só!

Coloque seu aprendizado em primeiro lugar

Mesmo quando você está escolhendo as atividades para complementar os seus estudos, pense em como é possível potencializar seus aprendizados. Afinal, eles são essenciais para que você se torne aquele profissional diferenciado e disputado pelo mercado. Viva cada experiência ao mesmo tempo que busca renovar conhecimentos, técnicas, habilidades e assim por diante.

Saiba dividir seu tempo

Já reparou no quanto falamos que “não temos tempo”? Mas, na verdade, o que costuma acontecer é uma falta de organização e planejamento. Sem isso, fica fácil pegar o celular e gastar horas nas redes sociais, longe de qualquer propósito. Então, uma das tarefas mais importantes da vida de universitário é criar uma rotina.

O cronograma de estudos é um bom aliado nessas horas. Antes disso, divida os períodos para a dedicação às matérias da graduação, às atividades extracurriculares, compromissos pessoais e ao trabalho, se for o caso. No tempo dedicado ao curso, separe aqueles conteúdos em que vê mais dificuldade e dê prioridade a eles.

A ideia aqui é ter controle da sua própria vida. Não deixe que a falta de tempo o impeça de vivenciar experiências únicas que só a graduação pode oferecer, combinado?

Aprenda a cumprir suas obrigações com antecedência

Sabe aquela história de deixar para fazer o trabalho no último minuto? Ela não ajuda em nada! Em outras palavras, isso só o aproxima de um aprendizado mediano, sem diferenciais. Sem falar que, se houver qualquer imprevisto, há chances de ficar sem nota.

Tenha responsabilidade

Por fim, responsabilidade é uma das principais competências esperadas tanto do mercado quanto para sua vida pessoal. E não poderia ser diferente para manter seus estudos em dia, certo? Então, não deixe que suas experiências extracurriculares ocupem todo o seu tempo.

A vida de universitário pode ser fácil ou difícil: tudo depende de como você enxerga esse momento. Quando coloca o equilíbrio como prioridade, dá para aproveitar tudo que a faculdade tem a oferecer sem prejudicar outros compromissos da sua rotina. O mais importante, é saber dividir o seu tempo e analisar quais atividades são mais válidas para o seu momento!

Gostou das dicas e quer ficar por dentro dos posts aqui do blog? Assine a nossa newsletter para não perder as novidades!


Comentários

Comentários

avatar
Entre 4% das melhores Instituições de Ensino Superior do Brasil.
Post criado:507

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar