Conheça a diferença entre ensino remoto e EAD

Conhece a diferença entre ensino remoto e EAD? O ensino remoto se tornou a melhor opção para que instituições de ensino público e privado deem continuidade às aulas.

O isolamento social, recomendação dos órgãos de saúde pública, levou à suspensão temporária das aulas. Com o intuito de manter as atividades e disciplinas, as instituições recorreram a plataformas virtuais, em um modelo de ensino a distância.

A mudança que levou aulas presenciais para um ambiente virtual, levantou muitas dúvidas para quem nunca estudou por essa modalidade. 

Mas quer saber? Elas não são a mesma coisa. Para entender melhor, pedimos ajuda da Thuinie Daros, head de cursos híbridos e metodologias ativas da EAD Unicesumar. Confira abaixo quais são as principais diferenças entre o ensino remoto e EAD.


Quais são as diferenças entre ensino remoto e EAD?

Uma atividade ou aula remota pode ser considerada uma solução temporária para continuar as atividades pedagógicas e tem como principal ferramenta a internet. Para Thuinie, essas aulas surgiram com “a finalidade de minimizar os impactos na aprendizagem dos estudantes advindos do sistema de ensino originalmente presencial, aplicadas neste momento de crise”.

Pensando nisso, não podemos considerar as aulas remotas uma modalidade ensino, mas uma solução rápida e acessível para muitas instituições. Normalmente é utilizada em um curto período de tempo, diferentemente do EAD, que tem sua estrutura e metodologia pensados para garantir o ensino e educação a distancia.  

As aulas e atividades remotas são aplicadas pontualmente, basicamente acompanhamos o ensino presencial aplicado em plataformas digitais. Enquanto isso, o EAD foi desenhado para prestar atendimento, aplicar atividades, aulas  e outras demandas em um ambiente de aprendizado, com apoio de tutores e recursos tecnológicos que favorecem o ensino.

Quando nos referimos à EAD, “deve ser levado em consideração que, por se tratar de uma modalidade, possui um modo de funcionamento próprio. Com concepção didático-pedagógica, é estruturada de forma flexível e abrange os conteúdos, atividades e todo um design adequado às características das áreas dos conhecimentos gerais e específicos, contemplando todo processo avaliativo discente”, finaliza Thuinie.

Vantagens do EAD

Basicamente, estamos acompanhando o ensino presencial sendo aplicado por meio da tecnologia. Mas, na educação a distância, as vantagens vão além. Na opinião de Thuinie, “a principal vantagem da modalidade EAD é a possibilidade de flexibilização do aprendizado. Os alunos conseguem adaptar a sua rotina produtiva com a necessidade da formação”.

O momento faz com que a atividade remota seja evidenciada, principalmente após a autorização do MEC para transmissão das aulas.

Além disso, a EAD inclui também o apoio de tutores que acompanham a flexibilidade de horário dos alunos, além de uma carga horária que é composta por diferentes recursos de aprendizado e formatos de atividade. E isso não está exatamente sendo aplicado durante as aulas remotas no período de isolamento.

Tecnologia a favor da educação a distância

A tecnologia permite interação entre instituição e aluno, mas como ela é utilizada, que diferencia o EAD das outras modalidades. Thuinie Daros reforça que, para as aulas remotas, “é possível utilizar aplicativos e salas de aula virtuais como a do Google Classroom para disponibilização das atividades, vídeos e outras. Já na modalidade EAD, este ambiente precisa ser mais robusto, de forma que muitas pessoas consigam acessar simultaneamente. Também é preciso garantir a disponibilização de vídeos, transmissões de aula, fórum, atividades em geral etc.”.

O uso da tecnologia é fundamental e, algumas vezes, se torna um desafio. Alunos e professores, devem adaptar toda sua rotina ao migrar do presencial para o EAD. É importante ressaltar que deve haver apoio das instituições de ensino na orientação para o melhor uso dessa tecnologia.

Se pretende começar a estudar à distância, saiba que não é o mesmo que as aulas remotas. Antes de começar, segundo Thuinie Daros, o candidato deve ter “clareza de que precisa se organizar e criar uma rotina de estudos. Além disso, é preciso considerar que as mesmas exigências de conhecimento de um curso presencial também valem para o aluno desta modalidade. Por isso, a organização é crucial para o sucesso”.

A educação a distância busca flexibilizar e otimizar o processo de aprendizagem. Se isso é o que você procura, a EAD é melhor opção.

Se quiser outras dicas e conhecer mais sobre a educação a distância, acompanhe as atualizações em nosso blog. Não esqueça de curtir nossa página no Facebook e nos siga no Instagram!

cta1

Comentários

Comentários

Deixe o seu comentário

Recomendado para você