Fazer um curso de graduação está entre as prioridades das pessoas hoje, sejam estudantes, sejam profissionais já inseridos no mercado. O principal motivo desse interesse é a quantidade de benefícios que um diploma concede ao estudante –– entre eles, maior valorização, salários mais atraentes, estabilidade no emprego e assim por diante.

Um dos principais empecilhos que adia os planos de muita gente é acompanhar as aulas presencialmente na faculdade. Para oferecer flexibilidade, surgiu o ensino a distância, conhecido como EAD. Essa modalidade cresceu tanto nos últimos 10 anos que passou de 14,1% das matrículas para 28,4%, segundo o Censo da Educação Superior 2019. São mais de 2,4 milhões de estudantes adotando essa ideia!

Mas, afinal, o que é o EAD? Por que se tornou uma tendência e tanta gente opta pela modalidade? Entenda mais a partir de agora!

Como funciona o EAD?

Antes de mais nada, o curso EAD é aquele em que você pode se dedicar às matérias e atividades da formação de casa, comparecendo à instituição de ensino apenas quando solicitado. Em alguns casos, isso acontece de uma a 3 vezes por semana, em outros, somente para realizar provas presenciais.

Para acessar os materiais disponíveis, existe um ambiente virtual recheado de aulas, exercícios e outras atividades propostas. Os estudantes conseguem acessá-lo por diferentes dispositivos, desde que estejam conectados à internet. Algumas instituições contam também com o espaço do aluno, em que é possível resolver pendências com a secretaria, por exemplo.

Também existem recursos como os fóruns de discussão para estudantes, chat para tirar dúvidas com tutores e outras ferramentas que aproximam você da instituição. Então, se a preocupação é ficar isolado, completamente sozinho em seus estudos, saiba que isso não existe no ensino a distância.

Entre os mitos do EAD quanto ao nível superior, estão a falta de qualidade dos cursos e a facilidade para ser aprovado. Com o tempo, as pessoas têm entendido que eles também têm o reconhecimento do MEC e estão condicionados à faculdade escolhida. Se opta por uma instituição renomada e preocupada com a sua formação, esse não será um problema.

Além disso, estudar EAD exige tanto do aluno quanto um curso presencial. Isso porque os conteúdos são pensados justamente para promover a capacitação. Também requerem um cuidado redobrado com certas características profissionais, como a organização e a automotivação para seguir uma rotina de estudos.

Quais as vantagens dos cursos EAD?

Já vimos algumas das responsabilidades que os estudantes do ensino a distância devem ter ao longo da formação. Agora, veja quais são os benefícios dessa modalidade, principalmente para fazer faculdade!

Flexibilidade

Essa talvez seja a maior vantagem do EAD. Sem a necessidade de ir à faculdade todos os dias, os estudantes conseguem se dedicar à formação de onde e quando podem. Assim, fica mais fácil conciliar trabalho, estudos e outras atividades. Em vez de se adaptar à correria, eles podem ter autonomia e controle de sua rotina.

Custos menores

Se o problema está em pagar a faculdade EAD, saiba que os custos dessa formação são menores do que no presencial. Isso porque a maior parte da infraestrutura da instituição é digital, o que reduz despesas com espaço físico, por exemplo. Essa economia é repassada aos estudantes, que têm um ensino de tanta qualidade quanto o presencial, mas do conforto de suas casas.

Interatividade

Como vimos, existem muitas formas de contato com professores, tutores e colegas no EAD, mesmo comparecendo pouco à faculdade. Então, é possível fortalecer o seu networking e eliminar dúvidas que surgirem ao longo do curso. As videoaulas também trazem interatividade para os estudos, para muito além dos textos escritos.

Desenvolvimento de habilidades

Já reparou que o mercado cada vez mais percebe os impactos da tecnologia? Isso exige certa adaptabilidade dos profissionais, que precisam adotar novas condutas e até funções a depender da inovação. A familiaridade com o universo digital proporcionada pelo EAD já coloca você perto de grandes oportunidades nas empresas.

Quais são os tipos de curso EAD?

São muitas vantagens, não é mesmo? Mas antes de definir qual curso EAD deseja, existem mais alguns detalhes sobre esse tipo de graduação. Veja com atenção para entender qual atende as suas expectativas!

Graduação

Esse é o curso EAD de nível superior e oferece o título de bacharel, licenciado ou tecnólogo para o estudante que se forma –– dependendo de qual graduação ele escolheu. Na primeira, é uma grade mais voltada para a atuação no mercado e, no segundo, para a docência e pesquisa. Já a terceira opção é para quem deseja concluir essa etapa em menor tempo, com um ensino focado em determinado segmento de área.

Geralmente, a graduação é a formação que oferece mais retornos para os profissionais no futuro. Além disso, é possível dar sequência aos estudos com uma pós-graduação. Assim, os ganhos são ainda maiores –– chegando a aumentar a remuneração de nível analista em 118%, segundo pesquisa da Catho.

Técnico

O curso técnico também forma profissionais para o mercado de trabalho. Porém, ao contrário da graduação, não se enquadra no ensino superior. A principal vantagem é a possibilidade de realizá-lo ainda durante o Ensino Médio, com objetivo de conquistar um emprego logo ao fim dessa etapa.

Também conhecido como curso profissionalizante, sua duração varia de 2 a 3 anos. Com ele, é possível até prestar concursos. Ele pode ser feito nas seguintes formas:

  • integrada: nesse modelo, a instituição escolar oferece uma grade que une os conhecimentos do Ensino Médio com o profissionalizante;
  • concomitante: aqui, o estudante realiza os dois cursos ao mesmo tempo, mas em períodos diferentes e, dependendo, até em escolas distintas;
  • subsequente: é independente da formação básica e da superior, apesar de solicitar certificado de conclusão do Ensino Médio.

Cursos livres

Por fim, ainda existe esse formato que, como o próprio nome sugere, não tem um pré-requisito. Geralmente, as instituições de ensino oferecem para complementar a formação de seus estudantes e podem durar de poucos dias a meses. O mais interessante é que eles fornecem certificados muito válidos para potencializar o currículo.

Diferentemente de graduações, pós e os profissionalizantes, eles não precisam de uma autorização do MEC. Mas isso não interfere na qualidade! A ideia é reforçar os conhecimentos sobre determinada particularidade de uma área de atuação ou de ferramentas que possibilitem a criação de produtos –– é o caso dos cursos de Excel, Photoshop e assim por diante.

Agora que você entendeu o que é EAD e as principais vantagens de escolher essa modalidade, só resta decidir o seu curso e a instituição em que estudará. Lembre-se de que ela precisa prezar pela qualidade no ensino para reforçar a sua formação acadêmica e garantir mais chances no mercado. E isso a metodologia EAD UniCesumar tem de sobra!

Venha se tornar o profissional do futuro da sua área de interesse! Entre em contato com a gente para mais informações sobre os cursos e faça a sua inscrição!

Comentários

Comentários